Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Blog da Farfan
Publicidade

Em Brasília, Eduardo Leite reivindica apoio para pagar salários e manter empregos

Governador disse ao blog que se reunirá com Lula, Lira e Pacheco nesta quarta (5) em busca da retomada de programas da pandemia de Covid-19. Lula deve retornar ao RS nesta quinta

Blog da Farfan|Tainá FarfanOpens in new window

O governador Eduardo Leite (Lauro Alves/Secom-RS - 31.05.2024)

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), desembarcou em Brasília nesta quarta-feira (5) em busca de apoio do governo federal e do Congresso Nacional para garantir programas de ajuda ao estado, que enfrenta as consequências das cheias causadas pelas chuvas.

Leite disse ao blog que deve se reunir com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O encontro não está previsto na agenda. Também estão previstos encontros com os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

O governador tenta apoio para a recriação de dois programas da pandemia de Covid-19, mas com foco na calamidade no estado gaúcho: programa de manutenção do emprego e renda, para evitar demissões; e programa de recomposição de receitas.

Leite calcula em torno de R$ 6 bilhões a R$ 10 bilhões a queda de arrecadação no estado e nos municípios gaúchos, e busca suporte do governo federal para recompor as perdas.

Publicidade

Também está previsto um encontro com a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva. De acordo com o governador, foi criado um comitê técnico científico para discutir medidas de recuperação e prevenção de situações como a que o Rio Grande do Sul passa atualmente.

Lula deve retornar ao Rio Grande do Sul na manhã desta quinta-feira (6) e Leite pretende retornar com ele ao estado.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.