Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Blog da Farfan
Publicidade

Voa Brasil enxuto deve ser lançado no início do segundo semestre

De acordo com ministro de Portos e Aeroportos, aposentados serão os beneficiados pelo programa, com passagens a R$ 200. O Voa Brasil para todos de baixa e média renda “seria um equívoco”

Blog da Farfan|Tainá FarfanOpens in new window


O ministro Silvio Costa Filho RAFAEL VIEIRA/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO - 31.05.2024

O ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, afirmou ao JR Entrevista, nesta quinta-feira (27), que o Voa Brasil deve ser lançado no início do segundo semestre. O programa foi reformulado e será destinado aos aposentados que não tenham viajado nos 12 meses anteriores à compra da passagem.

“O que a gente está trabalhando é para repaginar o Voa Brasil e oferecer passagens a R$ 200 para aposentados, em torno de 23 milhões de pessoas, na primeira etapa do programa, com passagens para aqueles que não tenham viajado nos 12 meses anteriores”, disse o ministro.

Ele afirmou, ainda, que o primeiro anúncio do Voa Brasil gerou “uma expectativa muito grande da população brasileira”, mas não seria viável.

“A gente não tem efetivamente como criar um programa de R$ 200 a passagem para todo mundo. Isso seria um equívoco, na nossa avaliação, e, muitas vezes, é mal interpretado por setores da sociedade brasileira”, afirmou.

Publicidade

O Voa Brasil foi anunciado em março de 2023 pelo então ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França. À época, o lançamento estava previsto para agosto e ofereceria passagens para pessoas de baixa e média renda. Costa Filho assumiu a pasta em setembro e anunciou que o programa passaria por ajustes.

O chefe da pasta pretende apresentar os detalhes do novo desenho do programa ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas próximas semanas e lançar no início do segundo semestre.

Publicidade

“Funcionando, aí a gente quer incluir outros setores da sociedade nessa política da aviação. Ele (o programa) tem um cunho social muito forte. A grande essência do Voa Brasil é essa política de inclusão social”, concluiu Costa Filho.


Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.