Blog do Nolasco Militares ficam irritados com ex-presidente do TSE  

Militares ficam irritados com ex-presidente do TSE  

Nota divulgada na noite deste domingo (24) demonstra só uma parte da insatisfação das Forças Armadas com declaração do ministro do Supremo e ex-presidente do Tribunal Superior Eleitoral Luís Roberto Barroso

Os militares ouvidos pelo Blog comentaram as reações internas, antes da divulgação de uma nota neste domingo (24) que rebate a fala do ministro do Supremo Tribunal Federal e ex-presidente do Tribunal Superior Eleitoral Luís Roberto Barroso. O magistrado afirmou durante entrevista, sem citar o presidente Jair Bolsonaro (PL), que “as Forças Armadas estão sendo orientadas para atacar o processo [eleitoral] e tentar desacreditá-lo”.

Barroso, ex-presidente do TSE: fala provocou reação 'muito negativa' entre militares

Barroso, ex-presidente do TSE: fala provocou reação 'muito negativa' entre militares

Evaristo Sá/AFP - 22.11.2021

Entre os militares a reação foi "muito negativa", segundo uma fonte da cúpula da instituição. Para os integrantes das Forças Armadas, Barroso fez "acusações sem provas" e quer "tirar o foco no que importa, que são as respostas e as soluções aos questionamentos e sugestões para ampliar a segurança e a transparência do processo eleitoral". Os militares foram convidados pelo próprio TSE a acompanhar os preparativos para as eleições e participar de uma Comissão de Transparência. A equipe de especialistas das Forças Armadas apresentou ao TSE um documento sigiloso com demandas para o aperfeiçoamento da urna eletrônica.

Na nota, assinada pelo ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira, e divulgada no fim da noite deste domingo, a instituição afirma que “repudia qualquer ilação ou insinuação, sem provas, de que as Forças Armadas teriam recebido suposta orientação para efetuar ações contrárias aos princípios da democracia”.
 

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas