Deu medo? Vai com medo mesmo!

Mesmo com a pandemia, não é o momento de ficar parado esperando; Vá em frente, aventure-se e não deixe o medo dominar

Não deixe o medo falar mais forte

Não deixe o medo falar mais forte

Alexas Photos/Pixabay

Sei que tem dias que tudo parece difícil, mas é preciso reagir. Mesmo com medo é preciso lutar, pois quanto mais se pensa mais longe você vai.

Como escreveu o palestrante, empresário, autor de Best-Sellers e grande amigo Roberto Shinyashiki; “Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado”.

Vai dar medo, insegurança, vontade de desistir, mas o mais importante é o primeiro passo. E se der medo? Vai com medo mesmo! Todos passam por isso, inclusive os que consideramos grandes empresários e referência no mercado.

Eu desenhei minha vida e a mantive como meta e foi assim que eu conquistei meus sonhos. E você também pode conquistar tudo o que deseja e sonha será alcançado, desde que haja direção, meta, luta, foco e claro trabalho duro. Muito trabalho duro, mas você vai conseguir. Eu tive medo, e fui com medo mesmo, usei ele ao meu favor e você também pode.

Para isso você precisa descobrir qual a sua missão? Qual seu propósito? Se automotive todos os dias, lembre-se dos sonhos, sonhe! Trabalhe! E não desista, tire essa palavra do seu vocabulário. Empresários de sucesso fazem dos erros degraus para a aprendizagem de novas estratégias, aprendem com os erros.

Aos 20 anos de idade comecei a ter dificuldades muito grande em me alimentar, não conseguia comer em diversos momentos da minha vida até descobrir que tenho DISAUTONOMIA: um transtorno provocado por alterações do sistema nervoso autônomo, afetando as funções involuntários do sistema simpático/parassimpático.

O meu é a gastroparesia que desacelera ou para o movimento do alimento do estomago para o intestino delgado. O estomago simplesmente para de funcionar em determinados momentos. Fazendo com que eu passe um mês, dois meses, e até seis meses sem conseguir comer, muitas vezes necessitando de internações. Além de não comer, tenho dor de barriga diariamente. Um caso raro da doença, mas que não me impede de fazer a diferença.

Eu jamais parei de ir atrás dos meus objetivos, é sim, possível ser forte e não se limitar, basta você querer. Você quer?

Você precisa ser forte, ter ciência de que terá muito trabalho duro, seja qual for seu objetivo. Não se limite, busque alternativas está na sua mão ser fraco ou ser forte. Qual é a sua escolha?

Todos as pessoas têm problemas o tempo todo e é preciso ser forte para superar cada barreira e cada desafio impostos pela vida, grandes empresários possuem histórias de superação, acredite não é um caminho fácil, mas a escolha de fazer a diferença é sua. Então vamos descobrir agora o seu propósito e tentar descobrir o seu automotivador interior e mesmo que você sinta medo, vai com medo mesmo!

A pandemia veio para mostrar que todos somos fortes, somos capazes de nos reinventar, de fazer a diferença. Trouxe, pelo lado positivo, força de vontade de vencer, em meio a guerra, muitos perderam seus empregos e se descobriram em rendas extras, outros aproveitaram para mudar de área de atuação. Em meio a fome, aproveitaram a lei da demanda e se construíram na costura de máscaras para se manterem e continuar caminhando para alcançar futuramente seus objetivos mais altos, mas não desistem.

É essa força que precisamos ter no dia a dia, não apenas em momentos difíceis, pois esses momentos acontecem várias vezes durante a caminhada. Uns serão mais fáceis e comuns, outros improváveis e raros. Que você pode encarar como oportunidades de crescermos ou nos abalarmos. Mesmo que nos tire o chão aprendemos a cada jornada a fazer das pedras a construção de uma casa magnifica como nos mais belos sonhos, que você pode tornar realidade.

Não desistir, é isso que as pessoas precisam praticar em seus sonhos mais altos. O que parece impossível hoje, com muito trabalho diário é possível chegar lá. Qual é a sua força? Qual é o seu sonho?

DEU MEDO? VAI COM MEDO MESMO!

O automotivador é o segredo dos que não tem sonho, não fazem paradas, que jamais abandonam a sede de vencer e para isso o Gerônimo Theml em um artigo em Newns 8 paper: “Missão é onde você quer chegar é o que quer construir para sua vida, é o seu destino e quando você chega nele, você estabelece sua próxima missão.” Ele ainda define que “proposito inabalável é aquilo que faz você seguir na direção da sua missão naquele momento em que todos mundo desistiria(...) é o que faz sua jorna seguir quando o trecho fica turbulento”.

Estamos em um momento realmente fora do comum, mas isso não nos impede de nos descobrirmos como pessoas e usar nossas qualidades, nossa garra, em grandes oportunidades ou a construção dela futuramente. Não é porque está difícil que você não vai conseguir, pelo contrário você está se desprendendo do comum, aprendendo, focando, se preparando para conquistar seu sonho. O quanto ele é importante para você?

Seja aquele que olha nos seus olhos e te da força, busque o que te da força, agarra o friozinho na barriga e faça dele o motivador para senti-lo quando estiver conseguindo alcançar seus sonhos. É em cima do palco? Friozinho na barriga antes de se apresentar e depois a gratidão de fazer a diferença na vida de alguém. É com um jaleco branco de Médico? O friozinho na barriga da prova com a alegria de ter alcançado o tão sonhado “aprovado” no vestibular.

É ter uma empresa? O friozinho na barriga do medo de não dar certo como a possibilidade de dar muito certo e aprender novas maneiras de chegar lá, fazer dos obstáculos saltos ornamentais incríveis como nas olimpíadas, dignas de medalhas de ouro. Se perde, mas jamais se desiste, cada detalhe é usado para crescer. Não importa qual é o seu sonho, o importante é não desistir dele, vai dar medo? Vai, todos sentimos medo independente da trajetória da pessoa, todos temos medos. Então vai com medo mesmo!

Use cada momento da sua vida para construir seu caminho, ninguém vai te mostrar o melhor trajeto é preciso descobrir o seu melhor, ter foco, objetivo claro, traçar metas e evoluir gradativamente e não desistir no primeiro sim. Albert Ainsten em seu tempo não desistiu e hoje é citado em todos os lugares pela sua genialidade, mas e se ele tivesse desistido no primeiro não? Será que hoje ele seria quem ele é?

Com as missões já estabelecidas, se precisar escreva e deixe a perto do seu campo de visão, fortaleza seus propósitos e torne-os inabaláveis, cresça, aprenda, foque no que é importante. Obstáculos são invitais, dificuldades surgem até para os empresários mais poderosos. Eles também são humanos e sentem medo e conquistam o que querem.

O importante é começar, dar o primeiro passo rumo ao sucesso. Deu medo? Vai com medo mesmo! Torne-se o próximo empresário de sucesso.