Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Joel Rennó Jr
Publicidade

Pais protegem os filhos contra os traumas da vida

Ao contrário do que se apregoa, não é a dor que protege o ser humano, tornando-o forte e resiliente. Quem fortalece verdadeiramente é o ótimo vínculo entre pais e filhos

Joel Rennó Jr|Do R7


Ciência demonstra que relação entre pais e filhos influi no bem-estar das crianças
Ciência demonstra que relação entre pais e filhos influi no bem-estar das crianças

A qualidade das relações entre pais e filhos influi diretamente no bem-estar das crianças. É o que a ciência demonstra de forma inequívoca.

Por meio de estudos observacionais da década de 1950, o psicólogo inglês John Bowlby classificou as reações das crianças ao serem separadas de suas mães por algumas horas. Os comportamentos seriam secundários à segurança ou à insegurança do relacionamento entre pais e filhos.

Já nos anos 1970, há o início de estudos sobre traumas, principalmente para entender os comportamentos patológicos dos veteranos americanos da Guerra do Vietnã com transtorno do estresse pós-traumático (TEPT).

Na era digital, muitos pais são permissivos demais ao uso excessivo de telas pelos seus filhos. Na vida agitada atual, acaba sendo uma forma de se omitir da função de educador e acolhedor.

Publicidade

Há muitos influencers digitais que apregoam táticas para ser “forte”. Dizem que é por meio da dor e dos desafios exagerados ou insanos que evoluímos — enquanto os estudos consistentes demonstram o contrário: é pelo amor. Essa história de que pais precisam ser enérgicos, duros e exigentes para que seus filhos sejam resilientes não passa de uma grande falácia.

Claro que não podemos criar filhos sem traumas nos dias atuais, porém, os pais podem ajudar bastante na prevenção de traumas ou mesmo reduzir o impacto deles na prole. E é por meio dos estudos de Bowlby, em sua Teoria do Apego, que a criança encontra sua principal “vacina” contra os impactos psicológicos devastadores do trauma.

Publicidade

A cada interação de afeto e respeito, os pais contribuem decisivamente para a saúde física e emocional dos filhos. Há um fortalecimento do sistema imunológico, além do estímulo à mielinização dos neurônios do bebê desde o apego no colo da mãe.

Portanto, empresários e influencers digitais que propõem maratonas impossíveis ou desafios insanos não sabem do que falam, só estão atrás de seguidores lunáticos. O segredo de nossa espécie se concentra nas relações respeitosas com pais e amigos. O que educa, na verdade, é a calma, e não a raiva.

Fonte: Artigo de Maya Eigenmann

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.