Luiz Fara Monteiro Amaro Aviation fecha os primeiros nove meses do ano com crescimento de 400% 

Amaro Aviation fecha os primeiros nove meses do ano com crescimento de 400% 

Faturamento só não foi maior porque a frota está em expansão e novas aeronaves devem chegar a partir do ano que vem

Marcos Amaro, fundador e CEO da empresa

Marcos Amaro, fundador e CEO da empresa

EGOM PR - Divulgação

A Amaro Aviation, empresa do ramo de aviação executiva com foco no compartilhamento de aeronaves, registrou um crescimento de 400% no faturamento nos primeiros nove meses do ano. Fundada em 2020, a Amaro Aviation vem registrando um crescimento expressivo com a oferta de cotas de compartilhamento de aeronaves.

“Estamos muito felizes com o resultado, mostra que estamos no caminho certo, construindo uma empresa sólida, com atendimento de excelência, e focados em oferecer soluções simples para que quer ter uma aeronave compartilhada, pois não precisa de uma de uso exclusivo e não quer ter despesas desnecessárias”, disse Marcos Amaro, fundador e CEO da empresa.

Um dos diferenciais da Amaro está em oferecer o compartilhamento de aeronaves a partir da recente mudança da legislação, que tornou as operações mais seguras e mais simples para adquirir e mais tarde para se desfazer do ativo.

A previsão é fechar o ano de 2022 com um crescimento expressivo no faturamento, número que só não é maior porque novas aeronaves já foram compradas, mas começam a ser entregues em 2023. De acordo com João Mellão, COO da Amaro Aviation, “o crescimento mostra o potencial do mercado brasileiro para o compartilhamento de aeronaves.”

Atualmente, a Amaro Aviation oferece um jato Pilatus PC 24 e um PC-12 NGX para compartilhamento. Para o segundo trimestre do ano que vem, a empresa receberá mais um jato da Pilatus PC 24 e um turboélice Grand Caravan EX, que será utilizado especialmente para os destinos de Angra dos Reis, Paraty, Joinville e Florianópolis.

Para o terceiro trimestre de 2023, a Amaro também espera um King Air 260s da Beechcraft, que será destinado ao segmento do agronegócio brasileiro para atender cidades como Maringá, Blumenau, Anápolis, entre outras.

Já para o ano de 2024, a empresa receberá sua primeira aeronave da Embraer, o Phenom 300, que já foi substancialmente vendido e contribuirá para a consolidação da marca no setor de aviação executiva no Brasil.

Fundada em 2020 em São Paulo, a Amaro Aviation é uma empresa privada de aviação executiva. A companhia, idealizada pelo CEO Marcos Amaro, logo atraiu investidores e tratou de montar um time de executivos de primeiro escalão, conciliando profissionais com vasta experiência nos setores de aviação executiva e comercial.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas