Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Luiz Fara Monteiro
Publicidade

Avianca quer maior acesso ao transporte aéreo e redução de emissões de CO2

Em 2023, voaram com a companhia aérea mais pessoas para mais destinos e com 26% de redução de emissões de carbono por passageiro transportado

Luiz Fara Monteiro|Luiz Fara MonteiroOpens in new window

Avianca: redução na emissão de CO2 (Divulgação Avianca)

O maior acesso ao transporte aéreo para as pessoas foi um dos avanços mais destacados pela Avianca durante a apresentação do Relatório de Sustentabilidade 2023. No ano passado, mais de 32 milhões de clientes voaram com a companhia aérea nas 147 rotas para 76 destinos de 25 países com as quais encerrou 2023. Segundo dados da Avianca, 16% desses passageiros voaram pela primeira vez no ano passado.

No evento de apresentação do relatório, destacou-se que voar hoje é mais fácil do que nunca, já que a Colômbia é o terceiro país da América Latina com maio oferta de assentos internacionais e, só a partir de Bogotá, é possível viajar por via aérea para 40 destinos fora do país.

“Hoje somos uma companhia aérea mais acessível, próxima e consciente do seu papel nas regiões onde opera, Graças ao nosso modelo de negócios, conseguimos nos concentrar em fornecer acesso e conectividade, com preços acessíveis para todos os tipos de viajantes, em uma região como a América Latina onde voar é uma necessidade. Ao mesmo tempo, buscamos reduzir nosso impacto ambiental e emprestar nossas asas para levar bem-estar aos territórios em que operamos”, explicou Frederico Pedreira, presidente e CEO da Avianca.

Os resultados do maior acesso e da conectividade foram conquistados com a redução das emissões de carbono por passageiro transportado: 26% a menos em 2023 na comparação com 2019 e uma redução de emissões absolutas em 21%, no mesmo período. Somada a outras iniciativas ambientais, como a compensação de cerca de 700.000 toneladas de CO2, apoiou projetos na Colômbia por meio da compra de título de carbono; outras 87,5 toneladas de CO2 compensadas por clientes e colaboradores, pela plataforma CHOOOSE; a implementação de 24 iniciativas de economia de combustível, que evitaram a emissão de 71.256 toneladas de CO2; e o transporte de 11.843 kg de resíduos a partir das Ilhas Galápagos.

Publicidade

Quanto ao seu trabalho pelo bem-estar social, graças à implementação de seu programa de “Alianças para o Desenvolvimento”, fechou o ano com 18 aliados sociais na Colômbia, El Salvador e Equador (até agora, em 2024, já são 25). Mais de 14 mil pessoas, em lugares como Cauca, La Guajira, Amazonas e Nariño se beneficiaram do Banco de Milhas da Avianca, principal recurso da companhia aérea para apoiar esses projetos. A doação voluntária de quase 4,5 milhões de milhas, por parte dos sócios LifeMiles e pela Avianca, permitiu a emissão de mais de 470 bilhetes aéreos para equipe técnica e médicos de nossos aliados para que pudesse se mobilizar para as regiões e atender comunidades vulneráveis.

Além disso, a companhia aérea também transportou mais de 11.600 kg de ajudas humanitárias com Deprisa, que incluíam medicamentos para tratamentos de enfermidades de alto custo, insumos hospitalares e médicos, testes de diagnósticos, fórmulas nutricionais e concentrados de oxigênio com seu regulador, entre outros.

Publicidade

“Os resultados de 2023 são uma demonstração do trabalho constante da equipe Avianca e nossos aliados para serem mais sustentáveis em todos as áreas, e de como usar a capacidade e alcance de nossos aviões e pessoal, para ajudar aqueles que mais necessitam, sem importar as barreiras geográficas”, assinalou Frederico Pedreira.

“Os desafios ambientais, sociais e de aumento do acesso ao serviço aéreo, são enormes. Sabemos que a América Latina e a Colômbia necessitam de uma aviação cada vez mais limpa, mais acessível e com maior sintonia com as necessidades das comunidades mais vulneráveis. Os avanços que apresentamos foram graças a capacidade dos nossos aliados, o compromisso dos nossos colaboradores e a visão e apoio de nossa equipe de gerenciamento”, apontou Felipe Andrés Gómez, diretor de sustentabilidade e relações institucionais da Avianca.

Publicidade

Renova sua aliança com o WCS

Durante a apresentação do evento, a Avianca anunciou a renovação da sua aliança com a Wildlife Conservation Society – que se estendeu à Colômbia e ao Equador – e, no âmbito desse anuncio, foi apresentado um livery que destacará a biodiversidade da Colômbia e que tem como objetivo sensibilizar sobre a necessidade de proteger as espécies silvestres do país. O design com a mensagem " unidos pela biodiversidade” poderá ser visto em um dos B787 da Avianca.

O céu é de todos

Por outro lado, no meio da jornada, foi ressaltado o trabalho adiantado pela companhia aérea e a execução de seu programa “Avianca acessível”, o qual tem como objetivo identificar e priorizar as barreiras que enfrentam as pessoas com capacidade e condições diferentes, eliminando-as e otimizando processos em cada ponto de contato com o cliente. Entre os projetos desta a aliança com o Instituto nacional Ciegos (INCI), focado na implementação de braile em pontos-chaves dos aviões, como filas, cadeiras, sanitários e portas de emergência.

Da mesma forma, no âmbito do trabalho da Diversidade, Equidade e Inclusão, destacou-se o lançamento do programa “o céu é delas”, através do qual, 20 mulheres receberão bolsa, 100% financiada pela Avianca para estudar a carreira de piloto comercial em cinco das maiores academias de aviação da Colômbia.

O Relatório de Sustentabilidade 2023 foi apresentado durante uma conversa composta por três painéis nos quais se falou sobre acesso, com a participação de Geovany Carvajal, coordenador da secretaria técnica da Comissão Regional de Competitividade Nariño; compromisso ambiental liderado pela equipe de sustentabilidade da Avianca e Juan Carlos Sánchez, piloto da companhia aérea; e bem-estar social com a presença de Pamela Estrada, diretora da Patrulha Aérea Civil Colombiana (PAC) e Marcela Tamoio, diretora executiva da Operação Sorriso.

Sobre a Avianca: A Avianca inclui a Avianca — membro da Star Alliance —,o LifeMiles e a Avianca Cargo. Em relação ao  transporte de passageiros, a Avianca, com mais de 104 anos de atuação desde 1919, é a companhia aérea líder na Colômbia, Equador e América Central, e mantém uma das maiores operações aéreas da América Latina, com 147 rotas, cerca de 710 voos diários e uma frota de 140 aviões Airbus 320 e Boeing 787 Dreamliner, que conectam mais de 75 destinos em 25 países da América e Europa. Em 2023, a Avianca obteve o primeiro lugar na categoria “Companhias Aéreas Globais” no índice de pontualidade da consultoria especializada Cirium e transportou mais de 32,2 milhões de clientes com a operação de mais de 213.000 voos. Seu programa de fidelidade, o LifeMiles, é um dos maiores da América Latina, com mais de 14 milhões de membros e 600 marcas parceiras. Em relação ao transporte de carga, a Avianca Cargo é líder na região e o principal operador em diferentes mercados de América.


Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.