Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Luiz Fara Monteiro
Publicidade

Azul utiliza Wesafer On-Time Performance, com inteligência artificial em análise de vídeo ao vivo

Tecnologia serve para diminuir tempo dos aviões parados.  Ao melhorar sua eficiência em solo, a companhia brasileira revela melhorar o tempo de turnaround de utilização das aeronaves

Luiz Fara Monteiro|Do R7

Tecnologia Wesafer On-Time Performance da Azul permite identificar tempo de aviões em solo
Tecnologia Wesafer On-Time Performance da Azul permite identificar tempo de aviões em solo Tecnologia Wesafer On-Time Performance da Azul permite identificar tempo de aviões em solo

A Azul foi apontada como a companhia aérea mais pontual do mundo, com quase 89% de chegadas no horário previsto, segundo o ranking de 2022 elaborado pela Cirium, que analisa dados globais do setor de aviação. Entre os principais motivos dessa conquista estão as apostas em tecnologia e a confiança na parceria com a startup brasileira WeSafer - braço digital da Avantia, uma das líderes em soluções de tecnologia avançadas para monitoramento de processos e segurança.

A WeSafer implantou, de maneira rápida e eficiente, a solução Wesafer On-Time Performance, solução exclusiva e inovadora, com mais de 50 mil imagens de treinamento em sua rede neural, que utiliza Inteligência Artificial (IA) para identificar tempos e movimentos reais através de visão computacional.

A tecnologia, em uso desde setembro de 2022, se baseou nos principais desafios da Azul de melhorar procedimentos e aumentar performance e, assim, reduzir ao máximo atrasos em solo. As melhorias percebidas são significativas com os mais de 200 mil eventos registrados, que ocorrem ao redor da aeronave quando ela está estacionada, e mais de 15 mil operações de TATs (turnaround time) registradas desde o início da aproximação da aeronave no portão até o seu término quando inicia o movimento de saída encerrando o TAT.

Com o apoio da solução, que integra câmeras especiais, equipamentos de networking, algoritmos de inteligência artificial e soluções em nuvem, foi possível digitalizar as operações em rampa somente dos voos da Azul e reduzir os ciclos de tempo de retorno dos voos. A tecnologia é capaz de manter e, até mesmo, aumentar o índice de pontualidade conquistado pela Azul na pesquisa internacional, assegurando também o alto nível de satisfação dos passageiros e tripulantes.

Publicidade

A implantação da WeSafer On-Time Performance já atingiu o pico de 100% dos eventos registrados e possui uma média acima de 96%, uma conquista de excelência para algoritmos de inteligência artificial. Todos os eventos são enviados diretamente via API em tempo real para o Centro de Controle Operacional da Azul que pode monitorá-los a distância e de forma remota sem nenhum tipo de intervenção humana.

Para Mauro de Lucca, diretor de desenvolvimento de negócios da WeSafer, a cooperação entre as companhias aéreas e prestadores de serviços de terra é crucial para atingir as metas de recuperação de tempo dentro dos terminais aeroportuários das aeronaves em solo. “Os procedimentos na área de estacionamento das aeronaves nos portões do aeroporto são constantemente alterados pelos avanços tecnológicos, enquanto as medições de tempo ainda são, em sua maioria, desconhecidas por grande parte das empresas do segmento”, diz.

Publicidade

Para melhorar o desempenho e garantir a pontualidade das operações, a Azul tem investido em medidas mais precisas. “Os líderes do time de Controle de Performance e TI e a equipe da WeSafer colaboraram ofertando uma variedade de tecnologias e iniciativas com uso de inteligência artificial que automatizaram a coleta de indicadores e métricas a partir da solução no terminal aéreo de Viracopos. Imagens de vídeo foram transformadas em dados úteis e inteligentes”, explica De Lucca.

Mais sobre a tecnologia Wesafer On-Time Performance

Publicidade

A WeSafer On-time Performance atende a todos os critérios da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), garantindo que nenhum ser humano tenha sua identificação realizada através da plataforma.

O executivo da WeSafer explica que o principal objetivo da ferramenta é evitar atrasos nas operações em solo, ou seja, nos procedimentos abaixo da asa quando a aeronave está embarcando ou desembarcando seus passageiros e tripulantes. “A alocação de portões, o reabastecimento, a limpeza e o catering são apenas alguns dos processos envolvidos na virada de um avião após o pouso e na preparação para sua próxima decolagem.

Ao usar o software de inteligência de gravação de vídeo de câmeras digitais instaladas, os algoritmos da WeSafer identificam e analisam cada ‘frame’ desses tempos e movimentos. O status em tempo real é informado pela interface, enquanto a tecnologia gera dados históricos para análises”, detalha. As evidências geradas pelo sistema ficam disponíveis para o Centro de Controle Operacional (CCO) e o aeroporto da Azul.

Para Daniel Tkacz, VP de Operações da Azul, com as informações coletadas é possível fazer uma análise mais precisa e quase em tempo real, mesmo a centenas ou milhares de quilômetros de distância do local. Isso tem auxiliado fortemente o time de performance a tangibilizar o desempenho em terra da companhia e dos seus parceiros operacionais.

“Agora podemos agir mais rapidamente em vez de ter que esperar minutos para saber se algum procedimento não foi executado. Minutos esses, que, em nosso universo, refletem em consideráveis perdas financeiras diárias”, conta.

O executivo destaca que, antes de utilizar a WeSafer On-Time Performance, o monitoramento físico das atividades da Azul era um processo mais moroso e muitas vezes manual. Atualmente, a companhia controla todo o processo em solo, usando dados inteligentes a partir da tecnologia. De forma automática, a solução garante o gerenciamento contínuo do desempenho dos processos, 24 horas por dia e sem a necessidade de qualquer participação humana, permitindo que os colaboradores se concentrem em tarefas de maior valor.

Ainda segundo Tkacz - a WeSafer também tem ajudado a aumentar a segurança das informações e a diminuir as despesas operacionais, além de trazer um importante ganho comercial para a companhia. “O aumento da eficiência nos ciclos de turnarounds eleva a utilização das aeronaves”, conclui.

A WeSafer indica que através de estudos e pesquisas de relatórios oficiais da Federação Norte Americana de Aviação, a FAA, há uma economia em potencial de combustível de mais de 120 dólares por 49s de atraso por cada operação de TAT (turnaround time) e que ao identificar ajustes de processos para diminuição do tempo dos motores/turbinas em operação, podem ser desligados de forma antecipada. Isso também resulta em menor emissão de CO2 pela queima de combustível fóssil, querosene de aviação.

Sobre a Azul

A Azul S.A. (B3: AZUL4, NYSE: AZUL) é a maior companhia aérea do Brasil em número de voos e cidades atendidas, tendo aproximadamente 900 voos diários, para mais de 150 destinos. Com uma frota operacional de aproximadamente 160 aeronaves e mais de 13.000 tripulantes, a Azul possui mais de 300 rotas. Em 2020, a Azul conquistou o prêmio de melhor companhia aérea do mundo pelo TripAdvisor Travelers' Choice, sendo a única empresa brasileira a receber este reconhecimento.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.