Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Luiz Fara Monteiro
Publicidade

FAB fortalece vigilância aérea com a aquisição de radares Thales Ground Master 200 Multi-Mission"All-in-One"

Altamente táticos e móveis, o GM200 MM/A permite uma consciência situacional superior para vigilância aérea

Luiz Fara Monteiro|Luiz Fara MonteiroOpens in new window


Força Aérea Brasileira: radares táticos de vigilância aérea Divulgação

O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), por meio da Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA), assinou um contrato para a aquisição de radares Ground Master Multi-Mission “All-in-One”, a fim de reforçar a capacidade de vigilância aérea do Brasil.

Para proteger o espaço aéreo, a família de radares Ground Master 200 Multi-Mission cobre todo o espectro de ameaças, desde mini drones de baixa altitude até alvos mais rápidos e ágeis a maiores distâncias, mantendo alta mobilidade tática e um tempo de implantação muito curto. Mais de 250 radares da família GM foram vendidos em todo o mundo.

O GM200 MM/A é projetado para missões modernas de vigilância aérea e defesa aérea baseada em solo, sendo um dos radares mais flexíveis do mercado atualmente - oferecendo aos operadores de radar uma consciência situacional superior instantânea. Com tecnologia de nova geração 4DAESA e uma tecnologia exclusiva de “feixe duplo multi-eixo”, o radar oferece flexibilidade em elevação e direção. Esta tecnologia define o radar como estado da arte, permitindo uma personalização rápida e fácil das capacidades do radar para atender às necessidades específicas de missão e cenário operacional.

O GM200 MM/A é transportado em um único shelter autônomo padrão ISO de 20 pés, com menos de 10 toneladas e possui sistemas de elevação integrados, permitindo que o radar seja facilmente transportado por estrada, ferrovia, barco, helicóptero e aeronave tática em uma única perna e entre rapidamente em operação, aumentando sua sobrevivência.

Publicidade

Implantado por duas pessoas em menos de 15 minutos, a antena opera em um mastro de 8 metros, com uma Unidade Geradora de Energia incorporada, capaz de sustentar mais de 24 horas de operação, proporcionando completa autonomia durante as missões. O radar possibilita a integração de uma capacidade de Comando e Controle Local dentro da cabine do radar, para até dois operadores e suas posições de trabalho.

O contrato firmado com a FAB consolida a posição da Thales como líder no mercado de radares no Brasil. A Omnisys, subsidiária da Thales no Brasil, será responsável por todas as atividades de suporte e manutenção local dos radares, garantindo o alto padrão de disponibilidade exigido por esses sistemas.

Publicidade

“O Brasil está entre as maiores bases instaladas da Thales para radares de Controle de Tráfego Aéreo (ATC), e estamos felizes por termos vencido esta licitação para o Radar 3D. A Força Aérea Brasileira confia nas soluções da Thales e agora terá radares Ground Master para aumentar sua capacidade de vigilância e proteção de seu espaço aéreo. Tenho certeza de que esses radares serão o marco de uma cooperação ainda mais longa” afirma Luciano Macaferri Rodrigues, Diretor Geral da Thales no Brasil.

“A aquisição e incorporação dos novos radares GM200 MM/A ao 1° GCC contribuirá significativamente para o aprimoramento da vigilância e segurança da navegação aérea, garantindo a pronta resposta para a defesa aérea do país. A alta mobilidade destes radares, aliada à sua capacidade de detectar as mais modernas ameaças, demonstra o compromisso da Força Aérea Brasileira com a soberania nacional” acrescenta o Major Brigadeiro Alexandre Arthur Massena Javoski, Presidente da Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo - CISCEA.

Publicidade



Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.