Luiz Fara Monteiro Jetblue encomenda mais 30 modelos  do A220 à Airbus 

Jetblue encomenda mais 30 modelos  do A220 à Airbus 

Encomenda consolida  compromisso da companhia aérea em operar 100 modelos da aeronave

Jetblue: pedidos por novos A220-300

Jetblue: pedidos por novos A220-300

Romain Coupy - Wikimedia Commons

A JetBlue Airways assinou um pedido firme com a Airbus para mais 30 aeronaves A220-300. Isso eleva o compromisso da companhia aérea para o A220-300 para 100 aeronaves. Este último acordo eleva a carteira total de pedidos firmes do A220 para 740.

“Já estamos vendo os benefícios dos oito A220 que adicionamos à frota e estamos muito felizes por ter mais a caminho”, disse Robin Hayes, CEO da JetBlue. “Vimos aumentos de dois dígitos nas pontuações de satisfação do cliente, e essas aeronaves com baixo consumo de combustível apoiam nossa liderança na redução das emissões de carbono. Com 30 A220 adicionais encomendados, estamos em posição de acelerar nossos planos de modernização da frota para oferecer um desempenho de custo mais forte e apoiar nossa estratégia de rede de cidades focadas.”

“É muito gratificante ver um cliente feliz voltando para mais aeronaves nem um ano após a entrada em serviço de seu primeiro A220. Saudamos nossos amigos da JetBlue por este acordo histórico”, disse Christian Scherer, diretor comercial da Airbus e chefe da Airbus International. “Mais de 700 pedidos de A220 até o momento ressaltam o forte apetite do mercado por esta nova aeronave de corredor único.”

A Jetblue iniciou as operações do A220-300 em abril de 2021 e atualmente opera oito A220 em uma configuração de 140 assentos, com alimentação USB-C, USB-A e CA em cada assento. O A220 também oferece a maior cabine, teto mais alto, janelas maiores e compartimentos superiores mais espaçosos de sua classe.

O A220 é a única aeronave construída especificamente para o mercado de 100-150 assentos, reunindo aerodinâmica de última geração, materiais avançados e motores turbofan PW1500G de última geração da Pratt & Whitney. O A220 oferece aos clientes uma pegada de ruído 50% menor e até 25% menos consumo de combustível por assento e emissões de CO2 em comparação com as aeronaves da geração anterior, bem como cerca de 50% menos emissões de NOx do que os padrões da indústria.

Com cerca de 15 companhias aéreas operando perto de 200 A220s em quatro continentes, o A220 é - segundo a Airbus -  a aeronave ideal para rotas regionais e de longa distância.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas