Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Luiz Fara Monteiro
Publicidade

LATAM inaugura Brasília-Santiago com 97% de ocupação no primeiro voo

Segunda rota internacional da LATAM no Distrito Federal reforça expansão sustentável da sua malha aérea

Luiz Fara Monteiro|Luiz Fara MonteiroOpens in new window

O voo Brasília-Santiago é operado sempre na terça-feira, quinta-feira e sábado a bordo de aeronaves Airbus A320 (174 passageiros) e A321 (220 passageiros) com duração média de 5 horas. Decola às 8h50 (hora local) de Brasília e às 13h40 (hora local) de Santiago. Na comparação com uma viagem com conexão no aeroporto de São Paulo/Guarulhos, a nova rota diminui de 8 para 5 horas o tempo médio de deslocamento entre a capital federal brasileira e o Chile. As passagens estão à venda em latam.com e demais canais as passagens aéreas.

Além de Santiago, os passageiros partindo de Brasília agora podem chegar com facilidade a Auckland, Sydney, Melbourne, além de outros destinos no próprio Chile, como a Ilha de Páscoa, Calama, Punta Arenas e Puerto Montt, facilitando o turismo dos brasileiros em nosso país vizinho e no outro lado do mundo. A nova rota representa ainda uma oportunidade para apresentar aos turistas internacionais as atrações do Centro-Oeste brasileiro: não apenas a arquitetura inovadora de Brasília, como também as belezas naturais do estado de Goiás”, comentou Eduardo Macedo, Gerente de Assuntos Públicos da LATAM Brasil.

O aeroporto de Brasília é o segundo principal hub da LATAM, com voos diretos para 33 destinos domésticos. A companhia opera ainda no aeroporto a rota internacional Brasília-Lima, que em março completou 1 ano de operação com mais de 80% de ocupação, somando 130 mil passageiros transportados em 740 voos.

CRESCIMENTO SUSTENTÁVEL DA LATAM

Publicidade

Mais eficiente e competitiva, a LATAM tem investido de forma sustentável na ampliação de sua malha aérea e opera atualmente a maior rede de voos da sua história no Brasil, com operações para mais de 50 aeroportos do País. No mercado internacional, é a empresa aérea que mais conecta o Brasil com o mundo, com voos próprios do País para 90 aeroportos no exterior. Somente em 2023, recebeu no mercado brasileiro 15 das 17 novas aeronaves entregues pelos fabricantes ao Grupo LATAM.

Como consequência, a LATAM lidera o setor aéreo brasileiro (market share) de forma contínua desde 2021, segundo a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), ultrapassando atualmente a marca de 40% de participação de mercado.

Publicidade

Em 2024, a companhia continua ainda mais comprometida com a democratização da aviação no Brasil, prevendo a chegada de mais 14 aviões e um novo crescimento de 8% a 10% na sua operação doméstica no País, na comparação com 2023. Na prática, serão adicionados no Brasil mais de 3 milhões de assentos da LATAM neste ano.

Sobre o Grupo LATAM

Publicidade

A LATAM Airlines S.A. e suas subsidiárias são o principal grupo aéreo da América Latina, com presença em cinco mercados domésticos da região: Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru, além de operações internacionais dentro da América Latina e para Europa, Oceania, Estados Unidos e o Caribe.

O grupo LATAM possui uma frota de aeronaves Boeing 767, 777 e 787 e Airbus A321, A320, A320neo e A319.

LATAM Cargo Chile, LATAM Cargo Colômbia e LATAM Cargo Brasil são as subsidiárias de carga do grupo LATAM, possuindo uma frota combinada de 19 aeronaves de carga. Essas subsidiárias de carga contam com acesso as aeronaves de passageiros do grupo e operam na rede do grupo LATAM, bem como em rotas internacionais exclusivas para transporte de cargas. Além disso, oferecem uma infraestrutura moderna e uma ampla variedade de serviços e opções de atendimento para atender às necessidades de seus clientes.



Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.