Luiz Fara Monteiro Sem autorização, avião avança na pista e quase provoca acidente

Sem autorização, avião avança na pista e quase provoca acidente

Tripulação de aeronave com passageiros alega não ter entendido determinação do controle de tráfego para aguardar aproximação de outro jato 

Boeing 737 MAX da Flydubai

Boeing 737 MAX da Flydubai

Anna Zvereva

O incidente foi considerado grave.

O Boeing 737-8 MAX, registro A6-FMC, da Flydubai, cumpria o voo FZ-1830 de Varsóvia (Polônia) para Dubai (Emirados Árabes Unidos) na quinta-feira (11).

A tripulação foi liberada para alinhar-se à pista 29 e aguardar. Estranhamente os pilotos aceleraram para iniciar a decolagem. 

Enquanto isso, outro avião foi liberado para pousar na pista 33, que cruza com a 29. A torre de controle, segundo o Aviation Herald, instruiu o Flydubai a parar imediatamente. Só então a tripulação abortou a decolagem, a cerca de 80 nós — algo em torno de 150 quilômetros por hora —, parando bem próximo ao cruzamento das duas pistas. 

A aeronave que se aproximava conseguiu pousar em segurança.

O controlador de tráfego (ATC) disse à tripulação que ela tinha sido instruída a alinhar-se e esperar. Mas a tripulação alegou que havia entendido "liberado para decolagem"; o controlador posteriormente esclareceu que tinha verificado as fitas e a tripulação do Flydubai não havia repetido "liberado para decolagem", e sim que aguardaria a autorização.

O Boeing da Flydubai taxiou de volta à pista 29 e decolou 10 minutos após o incidente.

Últimas