Luiz Fara Monteiro TAP recomenda alteração de voos previstos para 8 e 9 de dezembro 

TAP recomenda alteração de voos previstos para 8 e 9 de dezembro 

Motivo é o anúncio de greve de tripulantes para as referidas datas. Companhia afirma que, apesar de todos os esforços, não foi possível chegar a um acordo com o sindicato que representa estes profissionais

TAP enfrenta greve de tripulantes nos dias 8 e 9 de dezembro

TAP enfrenta greve de tripulantes nos dias 8 e 9 de dezembro

Wikimedia Commons

A TAP enfrenta um anúncio de greve de tripulantes para os dias 8 e 9 de dezembro. Apesar de todos os esforços da Companhia para evitar esta greve, não foi possível chegar a um acordo com o sindicato que representa estes profissionais, ainda que se tenha conseguido alcançar entendimentos sobre várias matérias.

As propostas foram apresentadas antecipadamente e a falta de resposta do sindicato (SNPVAC) em tempo útil leva a uma perda na venda de bilhetes e na receita normal destes dias. Um possível cancelamento dias antes das datas da greve continuaria a ter um efeito comercial negativo para a companhia portuguesa.

Assim, e não sabendo qual o nível de disrupção que a operação poderá sofrer nesses dias, a TAP recomenda aos seus clientes que tentem remarcar os seus voos. Deverão fazê-lo através do call center da TAP no 0800 888 2099 ou das suas agências de viagens. A alteração das datas dos voos previstos para este período poderá ser feita sem qualquer penalização e sem alteração de tarifa, para datas entre 28 de novembro e 19 de dezembro, e sem penalização, embora com alteração de tarifa, para qualquer outro período.

A TAP informa ainda que continua disponível para um entendimento com o sindicato dos tripulantes de cabine, nos termos da proposta que já lhes foi apresentada. E reitera que fez todo o possível para que isso acontecesse em tempo útil, tendo agora de concentrar os seus esforços na organização da operação e na salvaguarda dos seus clientes.

Ciente dos efeitos nefastos desta greve anunciada, a TAP pede desde já desculpas aos seus clientes pela perturbação que a mesma lhes poderá causar e assegura que fará todos os esforços para os minimizar.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas