Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Luiz Fara Monteiro
Publicidade

Tráfego de passageiros na América Latina e Caribe registra aumento de 4,2% de janeiro a abril de 2024

Mercados com crescimento mais significativo foram o Uruguai (22,1%), seguido do Peru (21,2%) e da Colômbia (16,6%). Brasil, principal mercado da região, apresentou crescimento de 3,1% no período

Luiz Fara Monteiro|Luiz Fara MonteiroOpens in new window


ACI-LAC: aumento no tráfego de passageiros na América Latina e Caribe Inframerica

O tráfego de passageiros na América Latina e no Caribe apresentou crescimento de 4,2% nos primeiros quatro meses de 2024 em comparação ao mesmo período do ano anterior, segundo dados preliminares dos principais mercados da região, reunidos pelo Conselho Internacional de Aeroportos da América Latina e Caribe (ACI-LAC).

Entre os principais mercados, os que tiveram crescimento mais significativo foram o Uruguai (22,1%), seguido do Peru (21,2%) e da Colômbia (16,6%). O Brasil, principal mercado da região, apresentou crescimento de 3,1% no período.

Comparação de abril de 2024 vs abril de 2023

O tráfego total de passageiros em abril de 2024 aumentou 3,4% em relação a abril de 2023. Os países com maior crescimento percentual em abril de 2024 em relação a 2023, foram a Colômbia (22,4%), seguida por Peru (20%), Chile (13%) e Panamá (11%). O Brasil registrou aumento de 4,6%.

Publicidade

Em contrapartida, alguns países registaram redução no tráfego de passageiros, com destaque para o caso do México, o segundo mercado da América Latina, que caiu 3% em abril de 2024 face ao ano anterior. No período acumulado de janeiro a abril deste ano, o México cresceu 0,4% em relação a 2023, o menor crescimento dos principais mercados latino-americanos. Analistas de mercado atribuem este declínio a vários fatores, tais como a flutuação da procura turística, a mudança nos comportamentos sazonais das viagens e as variáveis macroeconômicas que afetam tanto os viajantes domésticos como internacionais.

“Excluindo a situação atípica que tem ocorrido no mercado mexicano, a evolução do tráfego na região tem sido muito positiva. Desta forma, o que podemos constatar nestes dados preliminares é que a região apresentou, em geral, resultados notáveis nos primeiros quatro meses de 2024″, afirmou Rafael Echevarne, diretor-geral de ACI-LAC.

Publicidade

Acompanhe as informações sobre ACI-LAC no Twitter em @ACI_LAC e no Linkedin

Sobre ACI-LAC

Publicidade

ACI-LAC é o escritório regional do Conselho Internacional de Aeroportos (Airports Council International) que representa os interesses dos operadores aeroportuários na América Latina e no Caribe. Atualmente, conta com 86 membros que operam mais de 340 aeroportos em 42 países e territórios na região da América Latina e Caribe.



Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.