Logo R7.com
Logo do PlayPlus
O que é que eu faço Sophia
Publicidade

Dinheiro esquecido nas contas: sistema que permite o saque já está no ar; saiba fazer o resgate

SVR (Sistema de Valores a Receber) voltou a funcionar às 10h desta terça (7); 40 milhões têm R$ 6 bilhões a receber

O que é que eu faço Sophia|Sophia Camargo, do R7 e Sophia Camargo

Consulta ao dinheiro esquecido está liberada desde 28 de fevereiro
Consulta ao dinheiro esquecido está liberada desde 28 de fevereiro Consulta ao dinheiro esquecido está liberada desde 28 de fevereiro

O BC (Banco Central) liberou nesta terça-feira (7), às 10h, o acesso ao SVR (Sistema de Valores a Receber), que permite o pedido de resgate do dinheiro esquecido em bancos. Segundo o BC, 38 milhões de pessoas físicas e 2 milhões de pessoas jurídicas têm direito ao resgate de um total de R$ 6 bilhões.

CLIQUE AQUI E SAIBA SE VOCÊ TEM DINHEIRO ESQUECIDO NOS BANCOS

A consulta ao sistema de valores a receber já estava liberada desde a terça-feira (28), para que pessoas físicas, empresas e também representantes de pessoas falecidas pudessem saber se havia algum valor esquecido em contas. 

Com a reabertura do SVR, quem dispuser de valores esquecidos também poderá solicitar o resgate.

Publicidade

Leia também

Confira como consultar e como fazer o resgate desse dinheiro:

Como fazer a consulta para saber se tenho dinheiro esquecido?

O Banco Central avisa que o único sistema no qual é possível fazer a consulta e solicitar a devolução dos valores para pessoas físicas (inclusive falecidas) e pessoas jurídicas é o valoresareceber.bcb.gov.br

Publicidade

Essa consulta está disponível desde o dia 28 de fevereiro.

1. PESSOA FÍSICA

Publicidade

Fazer a consulta é simples. As pessoas físicas precisam informar CPF e data de nascimento.

2. EMPRESA

No caso das empresas, é preciso informar o número do CNPJ e a data de abertura.

Como fazer o resgate do dinheiro?

Para fazer o resgate desse valor, é preciso acessar o SVR (Sistema de Valores a Receber) a partir desta terça-feira (7), às 10h, e fazer o login com a conta gov.br.

Para valores de pessoa física, por causa do sigilo bancário, a conta gov.br precisa ser nível prata ou ouro.

IMPORTANTE: A pessoa física que tiver a conta mais básica, nível bronze, não terá acesso ao sistema.

Para valores de pessoa jurídica, a conta gov.br deve ter o CNPJ vinculado.

O pedido de devolução do dinheiro é feito diretamente pelo SVR via chave Pix informada no momento da solicitação.

Caso não consiga fazer o pedido via SVR, será preciso entrar em contato com a instituição financeira para verificar como será feita a devolução do dinheiro. 

Assista ao passo a passo feito pelo Banco Central em vídeo:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.