Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Justiça absolve policiais da Core pela morte de João Pedro no Rio e juíza alega ‘legítima defesa’

Na época, a perícia encontrou na residência em que o adolescente brincava com os amigos mais de 70 marcas de tiros

Rio de Janeiro|Do R7


João Pedro foi morto dentro de casa durante ação policial
João Pedro foi morto dentro de casa durante ação policial

A Justiça do Rio absolveu os policiais da Core (Coordenadoria de Recursos Especiais) pela morte do adolescente João Pedro, de 14 anos, durante uma operação policial no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, na Baixada Fluminense, em maio de 2020. Os agentes Mauro José Gonçalves, Maxwell Gomes Pereira e Fernando de Brito Meister já eram réus no caso. No entendimento da magistrada, da 4ª Vara Criminal (São Gonçalo), os três agiram em “legítima defesa”.

Na época, a perícia encontrou na residência em que João Pedro brincava com os amigos mais de 70 marcas de tiros.

O menino chegou a ser socorrido por um helicóptero da polícia, mas não resistiu aos ferimentos.



Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.