Rio de Janeiro PM mata motorista após discussão em posto de combustível no Rio

PM mata motorista após discussão em posto de combustível no Rio

Em depoimento à Polícia Militar, o agente alegou que agiu em legítima defesa; corporação diz que abriu procedimento interno para apurar o crime

  • Rio de Janeiro | Ana Beatriz Araújo, do R7*

Um homem de 37 anos foi assassinado, nesta terça-feira (17) durante uma discussão em uma fila de abastecimento em um posto de combustível no bairro de Pendotiba, em Niterói, na região metropolitana.

PM alegou legítima defesa

PM alegou legítima defesa

Reprodução/Record TV Rio

O suspeito do crime seria um policial militar e já se apresentou à polícia. Testemunhas afirmam que a vítima identificada como Diego Sampaio teria tentado agredir o agente na confusão e em seguida atingida por dois disparos.

Em depoimento à PM, o homem alegou ter agido em legítima defesa já que Diego não respeitou a ordem de parada dado pelo policial. Ele afirmou que tinha o intuito de conter a situação.

Polícia faz operação contra roubo de carros e cargas no Rio

A vítima foi atingida no abdômen e chegou a ser encaminhada ao Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, também na região metropolitana, mas não resistiu aos ferimentos.

O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo que pretende ouvir testemunhas do fato. Em nota, a PM afirmou ter aberto um procedimento interno para averiguar o crime.

O corpo de Diego será sepultado nesta quarta-feira (18), às 17h, no cemitério Parque Nycteroy, em São Gonçalo.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas