Rio de Janeiro Polícia prende dois suspeitos de aplicarem golpe do empréstimo consignado no RJ

Polícia prende dois suspeitos de aplicarem golpe do empréstimo consignado no RJ

Alvo de operação, trio de estelionatários é investigado em mais de 100 inquéritos, segundo Delegacia de Defraudações

Polícia prendeu três estelionatários que, juntos, eram investigados por mais de 100 inquéritos

Polícia prendeu três estelionatários que, juntos, eram investigados por mais de 100 inquéritos

Reprodução/Record TV Rio

A Polícia Civil prendeu, nesta quinta-feira (15), dois acusados de aplicarem o golpe do falso empréstimo consignado em São Gonçalo, na região metropolitana, e no centro do Rio de Janeiro.

Os estelionatários foram identificados como Luiz Gustavo de Oliveira Fernandes, de 37 anos, e Victor Hugo Ferreira de Souza Vieira, de 36, presos em São Gonçalo. O terceiro alvo, Mayara Cristina Oliveira de Souza, segue foragido. Segundo a DDEF (Delegacia de Defraudações), o trio era alvo de mais de 100 inquéritos de investigação em todo o Brasil.

O grupo oferecia às vítimas falsas portabilidades de empréstimos. Por meio de duas empresas de fachada, os criminosos se comprometiam a arcar com as parcelas de dívidas dos "clientes" em até 12 meses, mas realizavam apenas os primeiros pagamentos, de acordo com a polícia.

A investigação apontou, ainda, que o golpe envolvia a promessa de uma bonificação de 10% às vítimas que transferissem seus empréstimos. Os principais alvos da quadrilha eram servidores públicos que, segundo a DDEF, sofreram prejuízos na casa dos milhões de reais;

A polícia afirmou que, para dificultar suas localizações por parte dos agentes, os criminosos publicavam, através das redes sociais, fotos em diversos locais diferentes. Além das prisões, a ação tinha como objetivo o cumprimento de 12 mandados de busca e apreensão no estado do Rio.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas