Rio tem trânsito intenso nas vias de acesso à região dos lagos

Na Capital, vias importantes são interditadas para evento religioso

Entre 7h e 12h, orla da praia de Copacabana estará fechada para desfile
Entre 7h e 12h, orla da praia de Copacabana estará fechada para desfile Reprodução/Centro de Operações

A Ponte Rio-Niterói apresenta fluxo intenso de veículos, na manhã desta quinta-feira (12). Com o feriado, muitos motoristas aproveitam para deixar a capital fluminense com destino à região dos lagos. Por volta das 11h, o tempo de travessia sentido Niterói era de 22 minutos, mais cedo motoristas chegaram a enfrentar 45 minutos de lentidão.

Os motoristas também enfrentam engarrafamentos na Rodovia Niterói-Manilha (BR 101), altura de São Gonçalo, pista sentido região dos lagos. O congestionamento chegou a 5 km devido a um acidente entre dois carros de passeio no trecho do Piscinão de São Gonçalo. Há retenção também na altura de Itaboraí.

Para quem tenta chegar ao centro ou zona sul do Rio, a melhor opção é o transporte público, segundo orientações do Centro de Operações. Há congestionamento na avenida Brasil a partir da favela de Manguinhos, zona norte, até a chegada ao Centro. Trânsito lento também na Linha Vermelha, na altura da Maré.

Para quem vai passar o feriado no Rio é preciso estar atento aos bloqueios montados pela prefeitura para os eventos religiosos que acontecem na cidade. Entre 7h e 12h, as avenidas Atlântica e Princesa Isabel, em Copacabana, zona sul, serão fechadas para o Desfile Mirim da Padroeira. O Centro de Operações informa que o acesso ao Leme deverá ser feito pela avenida Nossa Senhora de Copacabana e rua Gustavo Sampaio.

Na região central da Cidade, haverá interdições ao tráfego para a corrida Angry Birds Fun Run. Até as 15h, o Túnel Rio 450 estará fechado, assim como a Via Binário, rua 1° de Março, avenidas Marechal Floriano, Presidente Antônio Carlos e Presidente Vargas, que reabrem ao trânsito de veículos às 12h. Há também interdições nas proximidades da Praça Mauá, que recebe o Festival Internacional de Cervejas.

Jaqueline Suarez, estagiária do R7 Rio