Vigilância fecha supermercado na Tijuca após achar fezes de rato

Órgão inutilizou 40 kg de alimentos e deu duas multas à unidade do Extra

Vigilância fecha supermercado na Tijuca após achar fezes de rato

Vigilância Sanitária Municipal interditou na tarde de sexta-feira (2) o supermercado Extra da rua Conde de Bonfim, na Tijuca, por falta de higiene generalizada. Os fiscais encontraram fezes de roedores e sujeira sobre a superfície das instalações. A loja ficou fechada até a manhã deste sábado (3), quando voltou a operar.

Durante a ação, foram inutilizados 40 kg de alimentos com características impróprias para o consumo. O estabelecimento recebeu ainda duas autuações (R$ 1.207 cada) e permanecerá interditado até que esteja de acordo com as normas sanitárias vigentes.

A Secretaria Municipal de Saúde recomenda que os consumidores fiquem atentos a irregularidades encontradas em qualquer estabelecimento, denunciando à Vigilância Sanitária, pelo telefone 1746.

Resposta

Em nota, o supermercado Extra afirmou que "trabalha de acordo com as orientações dos órgãos reguladores e tem rigorosos procedimentos para auditar a qualidade dos produtos comercializados em suas lojas, bem como conta com o serviço de controle de pragas realizado por empresa terceirizada periodicamente. Decorrente das diversas obras que acontecem na região do supermercado Conde de Bonfim, a rede já havia providenciado maior frequência nessas inspeções. A empresa esclarece que os fatos não condizem com o padrão operacional exigido pela companhia e que acionou imediatamente a empresa terceirizada para, em conjunto com a loja, tomar as providências necessárias, apurar e regularizar a situação. A loja já está operando normalmente".