São Paulo PM prende mais um suspeito de ataque a bancos em Botucatu (SP)

PM prende mais um suspeito de ataque a bancos em Botucatu (SP)

Homem de 33 anos foi detido no Pari, no centro da capital paulista, após investigação. No total, 7 pessoas foram presas por envolvimento no crime

  • São Paulo | Do R7

Sete suspeitos de envolvimento em ataques a bancos de Botucatu foram presos

Sete suspeitos de envolvimento em ataques a bancos de Botucatu foram presos

Reprodução

A Polícia Militar prendeu, na madrugada desta segunda-feira (7), um homem de 33 anos suspeito de envolvimento nos ataques em agências bancárias em Botucatu, no interior de São Paulo, no dia 30 de julho. Ele foi detido no Pari, no centro da capital paulista. Outras seis pessoas já haviam sido detidas no decorrer das investigações.

O suspeito havia sido identificado a partir de levantamentos de inteligência e análise de materiais apreendidos em diligências anteriores, deflagradas pelas equipes da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Botucatu e da 5ª Delegacia de Polícia de Investigações sobre Furtos e Roubos a Bancos, do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais).

Leia mais: Suposto líder em crime de Botucatu teria participado de outros ataques

Policiais militares estavam em patrulhamento pela rua Monsenhor Maximiano Leite, quando se depararam com um veículo Jeep/Renegade e, após consultarem a placa, confirmaram que se tratava de um veículo usado no roubo em Botucatu. Isto porque o sequestro do carro havia sido requisitado à Justiça pela DIG de Botucatu, durante as investigações.

Veja também: Ataques em Botucatu refletem falta de investimento em inteligência

Foi feita abordagem ao homem e foi constatado um mandado de prisão temporária em aberto contra o suspeito, que foi conduzido ao 8º Distrito Policial (Brás). Depois ele será transferido para o sistema prisional.

Segundo a polícia, as diligências continuam para captura de todos os autores do ataque e esclarecimento do caso.

Últimas