São Paulo Polícia apreende carga de aparelhos eletrônicos avaliada em R$ 3 mi

Polícia apreende carga de aparelhos eletrônicos avaliada em R$ 3 mi

Polícia foi informada que um caminhão colidiu com alguns veículos e fugiu, ao encontrá-lo, agentes desconfiaram do nervosismo do motorista

Carga de eletrônicos está avaliada em R$ 3 milhões

Carga de eletrônicos está avaliada em R$ 3 milhões

Reprodução/ Polícia Militar

Um caminhoneiro é investigado por transportar uma carga de produtos eletrônicos roubados de loja de departamento, na avenida Francisco Morato, na Vila Sônia, zona sul de São Paulo, desta quarta-feira (13). A carga roubada vinha do Mato Grosso do Sul e está avaliada em 3 milhões de reais.

PM recupera carga roubada avaliada em R$ 100 mil em Contagem (MG)

Equipes da 1ª Cia do 16º Batalhão da Polícia Militar realizavam patrulhamento de rotina pela avenida Dr. Guilherme Dumont Vilares, na região da Vila Sônia, quando foram informados que um caminhão colidiu em alguns veículos e depois fugiu.

Após localizar o caminhão, os policiais deram voz de parada ao motorista, que acelerou e seguiu em fuga, até que na avenida Francisco Morato, outras equipes da polícia cercaram o veículo, obrigando o caminhoneiro a estacionar.

Diante do nervosismo do motorista, foi realizada a vistoria do caminhão onde foram localizadas diversas caixas, que não condizia com a nota fiscal apresentada.

Material era diferente da nota fiscal

Material era diferente da nota fiscal

Reprodução/ Polícia Militar

Ao verificar o conteúdo das caixas, os agentes localizaram 1.013 celulares, 17 tablets e outros objetos eletrônicos sem nota fiscal. A carga apreendida está avaliada em aproximadamente 3 milhões de reais.

O suspeito foi preso em flagrante e assumiu que os produtos seriam de um roubo de carga de uma loja de departamento, no Mato Grosso do Sul.

O caminhoneiro informou aos policiais que vinha de Campo Grande e que receberia mil reais pelo transporte dessa carga de produtos eletrônicos até Taboão da Serra, Região Metropolitana de São Paulo.

Os policiais solicitaram o apoio do Canil, sendo que o cão policial apontou odor de drogas no veículo, porém nada foi encontrado. De acordo com a polícia, o caminhão pode já ter sido usado para tal atividade criminosa.

O caso foi registrado no 89º DP (Portal do Morumbi).