São Paulo Projeto de lei que unifica bolsas deve ir à votação em São Paulo

Projeto de lei que unifica bolsas deve ir à votação em São Paulo

Comissões parlamentares deram aval para Bolsa do Povo nesta terça-feira, em sessão virtual da Assembleia Legislativa de SP

  • São Paulo | Do R7

Deputados de SP em sessão virtual

Deputados de SP em sessão virtual

Reprodução/Alesp

O projeto de lei que pretende criar a Bolsa do Povo, para unificar ao menos seis ações e programas assistenciais do governo estadual, passou por três comissões parlamentares nesta terça-feira (27) e deve seguir para votação na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo).

O projeto recebeu o aval da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), CFOP (Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento) e CAPRT (Comissão de Administração Pública e Relações do Trabalho), na Assembleia Legislativa.

De acordo com a Alesp, o projeto de lei que deve ir para votação pretende unificar os auxílos da Bolsa Trabalho (Auxílio-Desemprego), Renda Cidadã, Bolsa-Auxílio Via Rápida, Ação Jovem, Bolsa Talento Esportivo e Aluguel Social, e se tornar a Bolsa do Povo, que pretende beneficiar cerca de 500 mil pessoas com desembolsos de até R$ 500 por mês.

"De acordo com o texto da proposta, prefeituras e instituições poderão contribuir com a iniciativa, ampliando o número de beneficiários e também o valor recebido por eles. No entanto, os custos extras deverão ser cobertos por cada um dos proponentes. Ainda segundo a matéria, as mulheres serão priorizadas nos pagamentos do benefício", informa a Assembleia Legislativa.

Últimas