São Paulo Saiba os serviços que funcionam neste feriado de 1° de maio em SP

Saiba os serviços que funcionam neste feriado de 1° de maio em SP

UBSs não vão abrir neste Dia do Trabalho, mas as AMAs que possuem UBS intregrada operam normalmente das 7h às 19h

Mercados, sacolões municipais e
 feiras livres operaram normalmente

Mercados, sacolões municipais e feiras livres operaram normalmente

Bruno Santos/Folhapress - 04.01.2018

O feriado do Dia do Trabalho, neste sábado (1), altera o funcionamento de serviços no estado de São Paulo e na capital. Confira abaixo o que abre e o que fecha as portas.

Saúde


As UBSs (Unidade Básica de Saúde) não funcionarão no feriado de 1° de maio. No entanto, os AMAs (Assistência Médica Ambulatorial) que possuem UBSs intregradas, funcionarão normalmente das 7h às 19h. 

Os hospitais estaduais manterão o funcionamento normal para atendimento às urgências e emergências, tanto nos prontos-socorros, quanto nos setores de internação e centros cirúrgicos.

Apenas dois postos da Pró-Sangue estarão em funcionamento: o da Clínicas, das 8h às 17h; e o do Hospital Regional de Osasco, das 8h às 16h. Para doar, é necessário fazer o agendamento online.

Os hospitais de campanha inaugurados para o tratamento da covid-19 manterão normalmente a assistência aos pacientes graves da doença.

Veículos

Devido à manutenção do toque de recolher determinado pelo Governo do Estado, o rodízio municipal para veículos de passeio continuará em vigor na capital paulista neste feriado do dia do trabalho. A regra vale das 20h desta sexta-feira (30) às 5h do sábado para carros com o final da placa 9 e 0. A medida segue as regras de funcionamento de segunda a sexta-feira, inclusive aos feriados e só é suspensa aos finais de semana.

O rodízio de caminhões fica suspenso durante o feriado. Todas as medidas referentes a esse tipo de veículo e zonas máximas de restrição voltam a valer a partir de segunda-feira (3).

SPTrans

A circulação dos ônibus neste feriado será a mesma de um sábado.

Os postos de venda e atendimento em terminais municipais e estações do Expresso Tiradentes funcionarão normalmente, das 6h às 19h.

Mercados e feiras livres


Os mercados e sacolões municipais, feiras livres e centrais de abastecimento estão autorizados a operar normalmente neste feriado por tratarem de comércio alimentício e serem considerados serviços essenciais. É possível conferir quais saber quais estarão a abertos pelo site da prefeitura.

Bom Prato


Os restaurantes da rede Bom Prato abrem normalmente, segundo a Secretaria de Desenvolvimento Social. O governou prorrogou até o dia 31 de julho a gratuidade das refeições para as pessoas em situação de rua devidamente cadastradas pelos municípios.

Poupatempo


O atendimento no Poupatempo será exclusivamente por meio dos canais digitais – portal, aplicativo Poupatempo Digital e totens.

Defesa Civil do Estado


A Defesa Civil do Estado de SP informa que manterá seu atendimento no feriado do dia 1° por meio do Centro de Gerenciamento de Emergências, pelo telefone 2193 8888.

Assistência Social

Abertos: SAICA (Serviço de Acolhimento Institucional Para Crianças e Adolescentes), SEAS (Serviço Especializado de Abordagem Social, Centros de Acolhida), CPAS (Coordenação de Pronto Atendimento Social), Núcleos de Convivência para Pop Rua, Repúblicas, Casa Lar, ILPI (Instituição de Longa Permanência para Idosos) e Residência Inclusiva.

Fechados: SAS (Supervisão de Assistência Social), CRAS (Centros de Referência de Assistência Social), CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), Centros POP, NPJ (Núcleo de Proteção Jurídico Social e Apoio Psicológico),  CCA (Centro para Criança e Adolescente), CJ (Centro para Juventude), CEDESP (Centro de Desenvolvimento Social e Produtivo para Adolescentes, Jovens e Adultos), NCI (Núcleo de Convivência do Idoso), NAISPD (Núcleo de Apoio à Inclusão Social para Pessoas com Deficiência), CDI (Centro Dia para Idosos), CRECI (Centro de Referência da Cidadania do Idoso), Circo Escola, SASF (Serviço de Assistência Social à Família), CCInter (Centro de Convivência Intergeracional), CDCM (Centro de Defesa e de Convivência da Mulher), SPVV (Serviço de Proteção Social às Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência), MSE-MA (Serviço de Medida Socioeducativa em Meio Aberto), Restaurante Escola e as sedes da Família Acolhedora.

Últimas