Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Tribunal de Justiça julga 'Galã do Tinder', acusado de aplicar golpes

O homem conhecia as vítimas por meio de aplicativos de relacionamento e fingia ser um engenheiro para atraí-las

São Paulo|Do R7


Homem é acusado de aplicar golpes bancários há pelo menos dez anos
Homem é acusado de aplicar golpes bancários há pelo menos dez anos

A Justiça de São Paulo vai julgar nesta quinta-feira (15) Renan Augusto Gomes, conhecido como "Galã do Tinder" brasileiro. Ele enganou diversas vítimas com quem manteve curtos relacionamentos e aplicou golpes bancários.

O julgamento — de apenas um dos casos — acontecerá no Fórum de São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo. Como o processo tramita em segredo, o Tribunal de Justiça não tem autorização para divulgar detalhes da sessão.

Em 22 de setembro, o Galã do Tinder foi preso preventivamente por equipes do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) de São Bernardo. Na época, ele foi detido após perseguição que terminou em acidente na avenida Raimundo Pereira de Magalhães, no bairro Jardim Íris, na zona norte de São Paulo.

Leia também

De acordo com a Polícia Civil, durante dez anos, o homem aplicou golpes por aplicativos de relacionamento, como Tinder, Badoo e Happn. Ele se cadastrava nas plataformas com o nome Augusto Keller e fingia ser um engenheiro que morava na região dos Jardins, bairro nobre da zona oeste da capital.

O suspeito, então, conseguia atrair as vítimas, que se envolviam romanticamente. Os relacionamentos duravam de um mês a um ano. Em determinado momento do namoro, ele dizia que tinha problemas financeiros que envolviam a Receita Federal e convencia a vítima a fazer um empréstimo ou abrir uma empresa em sociedade.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.