São Paulo Vigia de banco atira em faxineiro após discussão por porta giratória

Vigia de banco atira em faxineiro após discussão por porta giratória

Vítima tinha problemas constantes com o travamento da porta e foi tirar satisfações por achar que se tratava de questão pessoal

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Um segurança de um banco foi preso em flagrante após matar um faxineiro, colega de trabalho, após uma discussão por uma porta giratória em uma agência da Caixa Econômica Federal, na praça da República, no centro de São Paulo, na manhã de terça-feira (17). 

Segundo funcionários da agência bancária, os dois já vinham discutindo há dias pelo mesmo motivo.

Vítima morreu ainda no local

Vítima morreu ainda no local

Reprodução/Record TV

De acordo com a Polícia Militar, testemunhas que trabalham no local disseram que a relação da vítima com o segurança nunca foi boa. A vítima sempre tinha problemas com o travamento da porta giratória e costumava tirar satisfações com o vigilante por achar que se tratava de uma questão pessoal.

Uma câmera no interior da agência mostra o momento em que, durante a discussão, o faxineiro da uma cabeçada no segurança, que reage atirando no peito do funcionário, que morreu no local.

O segurança deixou imediatamente a agência, colocou o uniforme e a arma dentro de um armário da agência. Ele ligou para seu supervisor informando o ocorrido e afirmou que estava indo para casa, pois queria ver a esposa e o filho. O vigia foi preso no caminho.

A Polícia Federal vai investigar o caso, por ter acontecido em uma agência da Caixa. O banco lamentou o ocorrido e informou que está prestando apoio e solidariedade necessária às famílias dos envolvidos. Em nota, a Caixa afirmou ainda que "informações sobre eventos criminosos em suas unidades são repassadas exclusivamente às autoridades policiais, e ratifica que coopera integralmente com as investigações dos órgãos competentes".

Últimas