Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Americana morre após contrair meningite ao colocar silicone no México

Região em que foi feito o procedimento estético passa por surto da doença

Saúde|Do R7


Crystal Villegas contraiu meningite após cirurgia para silicone
Crystal Villegas contraiu meningite após cirurgia para silicone

Assim como muitas mulheres, a americana Crystal Villegas, de 31 anos, tinha o desejo de colocar próteses de silicone. No entanto, a cirurgia trouxe resultados bem diferentes do esperado: Crystal foi ao México, onde o procedimento era mais barato, e contraiu uma meningite fúngica, que ocasionou sua morte.

De acordo com o tabloide britânico Mirror, dias após a cirurgia, realizada no estado de Tamaulipas, Crystal passou a reclamar de dores de cabeça e febre alta. Ao procurar o hospital, a mulher foi encaminhada para a emergência e seus exames indicaram a infecção.

A meningite é uma inflamação das meninges, as membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Essa inflamação pode ser causada por diferentes agentes infecciosos, incluindo bactérias, vírus, fungos ou outros microrganismos. 

O marido de Crystal, Juan, alegou ao tabloide que a esposa se arrependeu da cirurgia, e que dois amigos da mulher morreram após passar por cirurgias estéticas. Em seu Facebook, ele afirmou ainda que foram quatro meses de luta, em que a esposa estava reaprendendo a andar e falar novamente. 

Publicidade

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp

• Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

Ao tabloide, Juan disse que a esposa queria, desesperadamente, ver os três filhos do casal crescerem e se tornarem adultos.

De acordo com o CDC (Centro de Controle de Doenças, na sigla em inglês), o órgão, o Ministério da Saúde mexicano e os departamentos de saúde dos Estados Unidos estão enfrentando um surto multinacional de meningite fúngica entre pessoas submetidas a procedimentos sob anestesia peridural em Matamoros e Tamaulipas, no México.

Publicidade

As entidades emitiram o alerta de que qualquer pessoa que tenha feito procedimentos estéticos sob anestesia peridural entre 1º de janeiro e 13 de maio de 2023 corre o risco de contrair meningite fúngica.

Leia também

Os sintomas da meningite podem incluir febre alta; dor de cabeça intensa; rigidez no pescoço (dificuldade em movimentar o pescoço para a frente); fotofobia (sensibilidade à luz); náuseas e vômitos; manchas vermelhas ou roxas na pele (petéquias ou equimoses); confusão mental ou dificuldade de concentração; sonolência excessiva ou dificuldade para acordar; convulsões; e irritabilidade, especialmente em bebês e crianças pequenas.

A prevenção é feita por meio da aplicação das vacinas contra os principais causadores de meningite.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.