Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Tecnologia e Ciência
Publicidade

Ashton Kutcher encarna Steve Jobs na apresentação dos novos celulares da Motorola

Celulares foram revelados no Lenovo Tech World, em São Francisco

Tecnologia e Ciência|Luiz Cesar Pimentel, do R7*


Quando o celular passou a fazer mais do que servir como telefone, seguia a lógica: identidade-música-preço-bateria-imagem. Nesta quinta-feira (09), em São Francisco, a conta se mostrou completamente invertida na apresentação da nova linha de aparelhos da Motorola e da Lenovo. O celular é definitivamente uma central de entretenimento e os principais esforços são buscando integração com imagem, principalmente a autoimagem que as pessoas querem transmitir para os outros via redes sociais.

Tanto que a apresentação teve como anfitrião o ator Ashton Kutcher, que já viveu Steve Jobs no cinema e é ligado a tecnologia e startups. Além de apresentar eventos e fazer pontas em vídeos promocionais, o ator é contratado como engenheiro de produtos da Lenovo.

A apresentação teve também inserções da escritora de séries infanto-juvenis como My Little Pony, Megan McCarthy, e da estilista chinesa Vivienne Tam. Vale lembrar que a Motorola foi adquirida pela gigante chinesa Lenovo em 2014.

Dos três produtos apresentados, apenas um tem a garantia de que chega ao Brasil em setembro: o Moto Z, evolução da série X, que continua a ser fabricada de qualquer maneira. Em resumo, os caras colocaram no celular mais fino e leve do mundo todo o possível de mais avançado em tecnologia (veja as características técnicas do aparelho).

Publicidade

A tela do Moto Z é de 5,2 polegadas (maior do que as 4,5 polegadas do iPhone 6, principal adversário fora do "mundo Android"), tem 64GB armazenamento, 4 GB de memória RAM, som Dolby 5.1, foco de imagem a laser com câmera de 13 MP (principal) e 5MP (frontal). O sensor de selfie ainda tem abertura de ângulo de 85º e flash extra para a melhor selfie possível.

Moto Z (direita) e Moto Z Force foram apresentados pela Lenovo nesta quinta-feira (9)
Moto Z (direita) e Moto Z Force foram apresentados pela Lenovo nesta quinta-feira (9)

O preço, nos EUA, começa em U$ 499 (no Brasil, esse valor ainda não foi definido). Há ainda uma versão premium do modelo Z, chamada de Moto Z Force, que ainda não se sabe se chegará ao Brasil. Além das características citadas, o modelo traz a tela Moto ShatterShield, inquebrável, e uma câmera traseira de 21 MP.

Publicidade

MotoSnaps

Ambos têm estimativa de duração de bateria de 30 horas e sistema de fast charging, com recarregamento de 15 minutos para 15 horas de bateria. Ambos se transformam em centrais multimídia com o que no mundo se chama MotoMods e, no Brasil, chamará MotoSnaps. Você adquire módulos, como um projetor de imagem e consegue acoplar esses recursos na traseira do Moto Z. Assim, é possível projetar imagens com boa qualidade em tamanho de até 70 polegadas, dependendo da superfície. A autonomia da bateria do projetor é de 1 hora, segundo a Lenovo.

Publicidade

Outro dos acessórios modulares apresentados pela Lenovo foi lançado em parceria com a JBL Sound e garante dois falantes na parte traseira do smartphone para ouvir música. Ambos são conectados por quatro magnetos na parte traseira do smartphone. A caixa de som tem 10 horas de duração para sua bateria. Além da nova linha Z, a companhia chinesa ainda apresentou novidades na linha que leva seu nome.

O Lenovo PHAB2 é um aparelho com tela de imensas 6,4 polegadas e sua versão Pro será a primeira integrada ao Projeto Tango, recurso de realidade aumentada do Google. Com essa tecnologia, o celular consegue fazer a leitura das áreas a sua volta e projetar imagens em 3D na realidade.

* O jornalista viajou a convite da Lenovo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.