Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Tecnologia e Ciência
Publicidade

Mais de 500 anunciantes pararam de investir no Twitter desde que Elon Musk comprou a empresa

As ações polêmicas do bilionário e a confusão no sistema de verificação de contas são alguns dos motivos apresentados

Tecnologia e Ciência|Do R7

Centenas de anunciantes abandonaram o Twitter após a compra de Elon Musk
Centenas de anunciantes abandonaram o Twitter após a compra de Elon Musk Centenas de anunciantes abandonaram o Twitter após a compra de Elon Musk

Mais de 500 anunciantes do Twitter pararam de investir em publicidade na rede social desde a aquisição da companhia por Elon Musk, no ano passado, publicou o site de tecnologia The Information nesta quarta-feira (18), citando uma fonte familiarizada com o assunto.

A receita diária da empresa de mídia social em 17 de janeiro foi 40% menor que a do mesmo dia do ano anterior, acrescentou o site. Representantes do Twitter não comentaram o assunto.

Desde que Musk assumiu o Twitter, em outubro, os anunciantes fugiram em resposta às ações tomadas pelo bilionário na empresa, que incluíram a demissão imediata de milhares de funcionários e o comprometimento do sistema de selos de verificação de contas, ação que resultou em golpistas se passando por empresas no Twitter.

A plataforma de mídia social recentemente reverteu a proibição de anúncios políticos criada em 2019 e disse que relaxará a política de publicidade para "anúncios baseados em causas" nos Estados Unidos, alinhando suas diretrizes de publicidade com a TV e outros meios de comunicação.

LEIA ABAIXO: Difamação e suspeita de fraude: relembre as maiores polêmicas da carreira de Elon Musk

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.