Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Tecnologia e Ciência
Publicidade

Nasa lançará nos próximos dias o telescópio mais poderoso já criado

Instrumento, chamado James Webb, ajudará os cientistas a explorar todas as fases do Universo com 'precisão incomparável'

Tecnologia e Ciência|Do R7

Telescópio Espacial James Webb será lançado no próximo dia 24 de dezembro
Telescópio Espacial James Webb será lançado no próximo dia 24 de dezembro Telescópio Espacial James Webb será lançado no próximo dia 24 de dezembro

A data de lançamento do Telescópio Espacial James Webb (JWST) por um foguete Ariane 5, adiada várias vezes, foi confirmada para 24 de dezembro pela Nasa, a agência espacial americana, e pela Arianespace neste sábado (18).

"O lançamento do Telescópio Espacial James Webb está confirmado para 24 de dezembro às 9h20 em Kourou (12h20 GMT)", tuitou a Arianespace.

O JWST, a joia mais complexa da engenharia, será o maior e mais poderoso telescópio já lançado ao espaço. Ele foi construído nos Estados Unidos sob a direção da Nasa e incorpora instrumentos da Agência Espacial Europeia (ESA) e canadense (CSA).

Seu lançamento da base de Kourou, aonde ele chegou em outubro vindo da Califórnia, foi adiado duas vezes devido a pequenos problemas.

Publicidade

A Nasa e a Arianespace queriam excluir qualquer risco relacionado ao lançamento do instrumento, desenvolvido há mais de 20 anos a um custo próximo a US$ 10 bilhões (R$ 56,9 bilhões).

Leia também

As equipes conjuntas da Nasa e do Arianespace "encapsularam com sucesso o observatório no foguete Ariane 5", explicou a agência espacial, ao confirmar a data de lançamento. O telescópio foi colocado na cabeça do foguete.

Publicidade

Uma revisão geral do lançamento ocorrerá em 21 de dezembro e, se tudo estiver pronto, o foguete passará para o estágio de lançamento em 22 de dezembro, disse a Nasa.

Apresentado como o sucessor do telescópio Hubble, lançado em 1990, o JWST deve explorar com precisão incomparável todas as fases do cosmos, até as primeiras idades do Universo e a formação das primeiras galáxias. Ele orbitará o Sol, a 1,5 milhão de quilômetros da Terra.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.