Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Tecnologia e Ciência
Publicidade

Twitter fica fora do ar na Turquia, após governo ser criticado pela forma como lidou com o terremoto

Mais de uma dúzia de pessoas foi presa no país, também por questionarem a reação oficial à catástrofe

Tecnologia e Ciência|Do R7


Forte terremoto abalou a Turquia e a Síria
Forte terremoto abalou a Turquia e a Síria

O Twitter está fora do ar nas principais redes de telefonia móvel da Turquia nesta quarta-feira (8), em meio às crescentes críticas online à resposta do governo ao terremoto desta semana, que atingiu o país e a Síria.

O netblocks.org, órgão de vigilância da governança da Internet, observou que o acesso ao Twitter está restrito por meio de "vários provedores de serviços de internet na Turquia".

"A Turquia tem uma longa história de restrição da mídia social em emergências nacionais e incidentes de segurança", acrescentou a agência.

O bloqueio ocorreu enquanto o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, viajava para duas das províncias turcas mais atingidas, particularmente Kahramanmaras, o epicentro do terremoto.

Publicidade

A polícia turca prendeu mais de uma dúzia de pessoas desde o terremoto de segunda-feira (6), por postarem nas redes sociais críticas à forma como o governo de Erdogan está lidando com a catástrofe.

A mídia social no país está repleta de reclamações da falta de resgate e esforços de busca para as vítimas em suas áreas, especialmente Hatay.

Publicidade

Autoridades turcas não fizeram nenhuma declaração imediata sobre a interrupção do serviço.

Dois dias após o terremoto devastador que atingiu a Turquia e a Síria, o número de mortos aumentou para mais de 11.200. Segundo o presidente turco, 50.000 pessoas ficaram feridas.

LEIA ABAIXO: Cães, máquinas e as próprias mãos: socorristas reviram entulho atrás de sobreviventes após terremoto

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.