Com a presença de Dilma, Templo de Salomão é inaugurado em São Paulo

Cerimônia teve as principais autoridades do País e impressionou pela emoção e tecnologia

Do R7

Com a presença das maiores autoridades dos três poderes do País, foi inaugurado, na noite desta quinta-feira (31), o Templo de Salomão. Com 100 mil metros quadrados e capacidade para 10 mil pessoas, a nova sede mundial da Igreja Universal do Reino de Deus se tornou o maior espaço religioso do País.

A presidente Dilma Rousseff sentou-se ao lado do bispo Edir Macedo, líder e fundador da Universal, e do vice-presidente, Michel Temer, para acompanhar a cerimônia com vários momentos tocantes e emocionantes.

Entre as autoridades estavam o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin; o prefeito Fernando Haddad; o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello; a presidente do STM (Superior Tribunal Militar), Elizabeth Teixeira Rocha; o diretor da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra; o cônsul-geral de Israel, Yoel Barnea; além de diversos governadores, deputados federais e estaduais, vereadores e prefeitos. O também ministro do STF, Ricardo Lewandowski, foi convidado, mas informou por meio de nota que "não pode comparecer, pois esteve durante toda a quinta-feira analisando pedidos de medidas liminares na Presidência do STF".

Um dos pontos altos foi a exibição de uma impressionante animação 3D projetada na fachada do templo, que mostrou a criação e destruição dos primeiros Templos de Salomão e a história do cristianismo, desde o patriarca Abraão até a fundação da Igreja Universal do Reino de Deus.  

Coral  

Às 18h, uma hora antes do início oficial da celebração, a orquestra e coral Toccata, executava Ah! Que dia!, com letra de Cristiane Cardoso, cantada em italiano. Os músicos executaram ainda outros clássicos da música gospel, como Eu Creio e Creio em Ti. As canções prosseguiram até as 19h.  

Na esplanada do Templo (parte externa, em frente à porta principal), os levitas — selecionados entre obreiros da Universal — vestiam-se de branco. A cor representa a vida limpa dos escolhidos.  

A construção reproduz o primeiro templo citado na Bíblia. Símbolo máximo da fé judaica, o Templo de Salomão foi construído e destruído duas vezes em Jerusalém, Israel, há mais de 2.000 anos. As obras do templo no bairro central de São Paulo tiveram início em 2010. Cerca de 1.800 operários chegaram a trabalhar juntos. 

Chegada da Arca  

Às 19h20, a réplica da Arca da Aliança — na Arca da Aliança ficaram guardadas as tábuas da Lei; os Dez Mandamentos dados por Deus a Moisés — começou a ser transportada, pelas ruas do Brás, por seis levitas. Às 19h25, clarins anunciaram a chegada da réplica da Arca no Templo de Salomão. O manto sobre a mesma foi retirado. Trabalhada em ouro, com dois querubins em sua parte superior, a réplica da Arca foi transportada, pelo tapete vermelho, até o interior do templo, passando pela porta principal do local, recém-aberta.  

O momento simbolizou a confirmação da Presença de Deus no Templo de Salomão, já que, no Antigo Testamento, a Arca da Aliança simbolizava a Presença de Deus entre o povo por Ele escolhido. Às 19h30, um coral africano, com roupas coloridas, entoou o cântico Junto a Ti. Em seguida, a orquestra tocou o Hino de Israel e, em seguida, o Hino Nacional Brasileiro.

Crack 

Às 20h, Rogério Formigoni contou sua história, desde o vício no crack até consagrar-se bispo, neste ano.  

"Se eu trouxesse aqui as pessoas que se curaram de vício na Universal, não caberia aqui", afirmou.

— A fé é o único caminho para tirar a pessoa do vício.  

Durante a fala da Formigoni, ex-dependentes deram depoimentos. Canções judaicas, como Jerusalém de Ouro, foram entoadas em seguida.  

Edir Macedo 

A celebração foi encerrada com orações do bispo Edir Macedo. Após agradecer a presença de todos, ele orou pela paz.  

"Paz para aquelas que creem, que acreditam", pediu.  

O bispo se referiu à beleza do Templo.  

— Se você vê a beleza desse Templo, se você fica entusiasmado com os símbolos, se está bem aqui, se fica em paz aqui, saiba que Deus quer fazer essa beleza toda na sua vida.  

Edir Macedo comparou o óleo que alimentava os menorás (candelabros) nos antigos templos ao Espírito Santo no interior das pessoas que disseminam a palavra de Deus. No fim, pediu que os presentes se aproximassem para a última oração.  

A cerimônia terminou com cânticos entoados por um tenor. 

  • Espalhe por aí:

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!