Feliciano coloca projeto da "cura gay" na pauta de comissão

Texto permite que psicólogos possam oferecer tratamento para homossexuais

Do R7

Após desistir da ideia na semana passada, o presidente da CDHM (Comissão de Direitos Humanos e MInorias) da Câmara dos Deputados, Marco Feliciano (PSC-SP), colocou na pauta de votação da próxima reunião do colegiado, que acontece nesta quarta-feira (14), o projeto do deputado João Campos (PSDB-GO) que derruba a proibição do CFP (Conselho Federal de Psicologia) de que sejam realizados tratamentos pela cura da homossexualidade.

Desde que foi escolhido para presidir a comissão, Feliciano é alvo de protestos por conta de declarações suas que foram consideradas homofóbicas e racistas.

A proposta a ser analisada pela comissão que pede a extinção de dois artigos da resolução do CFP que impedem a atuação dos profissionais para tratar homossexuais e qualquer ação coercitiva em favor de orientações não solicitadas pelo paciente; e outra que determina que psicólogos não se pronunciem de modo a reforçar preconceitos em relação a homossexuais.

Leia mais notícias no R7

Mesmo com o projeto na pauta, ele não necessariamente será votado. A proposta pode ser retirada da pauta durante a reunião ou mesmo antes, como Feliciano fez na semana passada.

Caso seja aprovado, o texto ainda precisará passar pela analise das comissões de Seguridade Social e Família e de Constituição e Justiça até chegar ao plenário da Câmara.

Em seu parecer em defesa da proposta, o relator da matéria, deputado Anderson Ferreira (PR-PE), diz que o projeto “constitui uma defesa da liberdade de exercício da profissão e da liberdade individual de escolher um profissional para atender a questões que dizem respeito apenas à sua própria vida”.

 

  • Espalhe por aí:
Publicidade

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!