Brasil

8/1/2013 às 12h55 (Atualizado em 8/1/2013 às 14h45)

Hackers publicam na internet dados pessoais de condenados no mensalão

Alvos do ataque são José Genoino, José Dirceu e Delúbio Soares

Do R7

Agora deputado federal, José Genoino foi o mais atacado pelos hackers Reprodução/Twitter

Um hacker — ou um grupo deles — descobriu e divulgou no Twitter nesta terça-feira (8) dados pessoais de três condenados no processo do mensalão. O usuário do microblog @nbdu1nder vazou informações, retiradas do site do Planalto, do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, do ex-presidente do PT (Partido dos Trabalhadores) José Genoino e do ex-tesoureiro da sigla Delúbio Soares.

O principal alvo do hacker era José Genoino, que foi condenado a seis anos e 11 meses no julgamento do mensalão e, neste ano, assumiu uma vaga de suplente de deputado federal. Há dados como CPF; idade; data de nascimento; nome da mãe; cinco endereços. três de São Paulo, um de Jaguariúna (SP) e outro de Feira de Santana (BA); dez números de telefone e três e-mails.

Mural: você acha justo divulgar dados pessoais de condenados?

Direcionado a Genoino, o internauta afirma que “o Brasil viveu um dos momentos mais constrangedores de sua história, não apenas por assistir a posse na Câmara dos Deputados de um corrupto e quadrilheiro condenado a seis anos e onze meses de prisão, mas pelo fato dele ter sido aplaudido por boa parte dos parlamentares, entre eles todos os petistas, como se fosse um herói nacional”.

— Genoino participou de um esquema de compra de votos, o Mensalão, que abastecia o caixa do PT com dinheiro sem origem e o repassava a deputados da mesma estirpe moral. Como prêmio, antes da decisão final sobre seu justo encarceramento, o petista corrupto receberá dinheiro oriundo de nossos impostos durante o período em que certamente trabalhará para  favorecer os semelhantes em Brasília, em detrimento de um povo calado e omisso, que assiste a tudo, despolitizado e com a falta de coragem necessária para ao menos protestar contra a barbaridade.

Veja quanto tempo condenados no mensalão ficarão presos

Cachoeira e mulher passam lua de mel em resort na Bahia

No caso de Dirceu, o hacker conseguiu e publicou quatro endereços do petista de Vinhedo (SP) e Passa Quatro (MG), nome da mãe, idade, data de nascimento, CPF, além de quatro e-mails e 14 números de telefones, incluindo celulares e fixos, do Distrito Federal, Minas Gerais e São Paulo. Dirceu foi condenado pelos ministros do STF a uma pena de dez anos e dez meses de prisão, o que exige começar a cumprir a pena em regime fechado.

Em relação a Delúbio, os dados incluem dois endereços de Salvador (BA) e um em Goiânia (GO), idade, CPF, data de nascimento, nome da mãe, seis e-mails que parecem ser de pessoas próximas e seis telefones — cinco celulares e um fixo — com DDD 11. O ex-tesoureiro do PT pegou oito anos e 11 meses de prisão e deverá iniciar o cumprimento da pena em regime fechado.

No fim da mensagem, o hacker convoca a população a protestar.

— Já está na hora de algum movimento, não acham, cidadãos? Está na hora de parar de reclamar e ir às ruas!

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Compartilhe
Pechinchas

Leilão da PF vende caminhonete por R$10,5 mil e GM Omega por R$ 1,8 mil

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Esposa modelo

Conheça Letícia Weber, a mulher do senador e pré-candidato Aécio Neves

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Duro na queda!

Novos blindados do Exército resistem a explosões e atingem alvo a 2.000 metros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Relacionamento

Amor na política: conheça os casais que se formam nos bastidores da vida pública

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Brasil

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!