Brasil

26/3/2013 às 22h28 (Atualizado em 26/3/2013 às 22h29)

Líderes de partido devem dar novo ultimato a Marco Feliciano na Comissão de Direitos Humanos da Câmara

Por Twitter, presidente da Casa anuncia convite a deputado para reunião na semana que vem

Marina Marquez e Diego Iraheta, do R7

Novo ultimato a deputado Marco Feliciano (PSC-SP) será dado na terça-feira (2) José Cruz/13.03.2013/ABr

Aumenta nos corredores da Câmara dos Deputados a pressão para a saída do deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) da presidência da CDHM (Comissão de Direitos Humanos e Minorias). Depois que o PSC decidiu mantê-lo no posto, o presidente da Casa, Henrique Alves (PMDB-RN), convocou uma reunião com líderes partidários para debater a polêmica permanência do parlamentar. O problema é a frequência de protestos contra o deputado à frente da comissão — o que impede o início dos trabalhos. Marco Feliciano é acusado de postar mensagens homofóbicas e racistas na internet.

Ao final da reunião com líderes, Henrique Alves recorreu ao Twitter para convidar Feliciano para uma reunião na próxima semana que, dessa vez, pode ser definitiva.

— Convidamos @marcofeliciano [Twitter do deputado] a conversar com todos os líderes partidários na próxima terça (2), às 11h00, sobre a CDHM. A conversa até então era comigo. Agora o diálogo se amplia, o que é legítimo.

Cotada para substituir Marco Feliciano é acusada de compra de votos e caixa dois

O trecho sobre a ampliação do "diálogo", com "todos os líderes partidários", sinaliza que o coro para Feliciano deixar a CDHM está engrossando. Em seus tuítes, Henrique Alves prosseguiu com a mensagem para Feliciano.

— Buscamos uma solução democrática e respeitosa, que harmonize e dê tranquilidade aos trabalhos da CDHM. Peço paciência a todos, pois faz parte do processo democrático. Clima de radicalização não pode continuar.

Nesta quarta-feira (27), Feliciano deve tentar novamente conduzir os trabalhos da comissão. Na última semana, ele se irritou com os protestos e abandonou a sessão.

Henrique Alves já tachou a situação da CDHM de "insustentável". Entretanto, o PSC vem dando guarida ao pastor. O vice-presidente do partido, Everaldo Pereira, defendeu nesta terça-feira (26) que Feliciano é "ficha limpa" e, por isso, a legenda não abre mão dessa indicação.

— Quero pedir respeitosamente que as lideranças de partidos da Casa respeitem a indicação do PSC. Informamos aos senhores que o PSC não abre mão da indicação feita. O deputado Marco Feliciano foi eleito pela maioria dos membros da comissão, é um deputado ficha limpa, tendo então todas as prerrogativas de estar na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias.

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Pechinchas

Leilão da PF vende caminhonete por R$10,5 mil e GM Omega por R$ 1,8 mil

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Esposa modelo

Conheça Letícia Weber, a mulher do senador e pré-candidato Aécio Neves

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Duro na queda!

Novos blindados do Exército resistem a explosões e atingem alvo a 2.000 metros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Relacionamento

Amor na política: conheça os casais que se formam nos bastidores da vida pública

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Brasil

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!