Cidades

27/11/2012 às 22h20 (Atualizado em 27/11/2012 às 22h20)

Mãe registra e cria criança como se fosse menino em Goiânia

Fraude foi descoberta por uma tia da menina

Do Jornal da Record

Mulher rasurou documento fornecido por hospital e o levou a cartório Reprodução/Rede Record

Uma mãe criou por dois anos a filha como se fosse um menino. O caso aconteceu na cidade de Senador Canedo, na região metropolitana de Goiânia.

A mulher alterou um documento emitido pelo hospital, logo após o nascimento da criança, indicando que ela era do sexo masculino. O cartório que fez a certidão de nascimento registrou o bebê com o nome escolhido pela mãe, Samuel.

Leia mais notícias de Cidades

Quando surgiu a dúvida, uma tia aproveitou um momento de distração da mãe para conferir o sexo do bebê e viu que se tratava de uma menina. Depois de descoberta a fraude, a mãe alegou que fez isso porque foi abusada quando era pequena e tinha medo que algo do tipo acontecesse com a filha.

A criança foi entregue a uma família substituta até que a Justiça decida o destino dela. O cartório que registrou a certidão com o sexo errado pode ser punido.

Leia mais notícias na nova home do Portal R7

Assista ao vídeo:

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!