Sem permissão para ir a festa, irmãs dopam os pais no Paraná

Mãe das garotas teve reação alérgica, passou mal e foi parar no hospital

Pai suspeitava que filhas mantinham relações sexuais em festa
Pai suspeitava que filhas mantinham relações sexuais em festa Reprodução/Tv Record

Sem a autorização dos pais para ir a uma festa em Maringá, no interior do Paraná, duas adolescentes deram sonífero para os pais na noite de sábado (3). Sem saber como agir perante a atitude das filhas, o casal procurou o conselho tutelar.

Durante o jantar, as jovens de 12 e 14 anos adicionaram ao suco do pai e da mãe a substância. Logo após os pais adormecerem, as irmãs foram para a chácara onde acontecia a festa e só voltaram às 13h do dia seguinte.

Enquanto elas entravam em casa, o pai levava a mulher, que passava mal, ao pronto-socorro. A mãe das garotas faz uso de remédios contínuos e teve uma reação alérgica devido ao sonífero. 

O pai disse ao conselheiro que as filhas já tinham ido em festas nessa chácara e as impediu depois de descobrir que havia consumo de drogas. Ele suspeitava que as jovens mantinham relações sexuais com homens mais velhos. O conselheiro tutelar Vandré Fernando disse que o pai das meninas estava triste com a atitude das filhas.

— Ele estava muito magoado. Pelo suporte e estrutura que dá às filhas, ele não esperava que isso acontecesse.

O caso foi encaminhado à Justiça e as adolescentes poderão prestar serviços comunitários como forma de punição pelo que fizeram.

Leia mais notícias de cidades