Internacional

3/2/2013 às 00h30 (Atualizado em 3/2/2013 às 14h31)

Lojista de shopping é atacada em Londres com ácido no rosto e fica desfigurada

Ataques com ácido são muito comuns em alguns países asiáticos, como Paquistão e Afeganistão

Do R7

Naomi resolveu divulgar a imagem como um apelo para capturar sua agressora Reprodução/dailymail.co.uk

A funcionária de uma loja de grife em Londres, capital da Inglaterra, sofreu um ataque com ácido enquanto caminhava para sua casa.

Naomi Oni, de 20 anos, ficou desfigurada após uma outra mulher lançar ácido em seu rosto, enquanto ela voltava para casa, no leste de Londres.

Ataques com ácido são muito comuns em alguns países asiáticos, como Paquistão e Afeganistão. Na América Latina, a Colômbia enfrentou no ano passado uma onda de ataques. Já em países europeus, esse tipo de ataque é mais raro.

Além disso, esses ataques são, em geral, praticados por homens contra mulheres, e, na maior parte dos casos, praticados por maridos ou namorados.

Fúria covarde: mulheres são alvo de violência no mundo inteiro

Crimes macabros e horripilantes marcam 2012

Mas o ataque sofrido por Naomi vem intrigando as autoridades britânicas por ter sido praticado por uma mulher usando um niqab, vestimenta típica da religião islâmica que cobre todo o corpo da mulher, deixando à mostra apenas os olhos.

De acordo com o tabloide britânico Daily Mail, Naomi sofreu graves lesões na cabeça, pescoço, braços e pernas, entre outras partes do corpo, após o ataque, ocorrido em Dagenham, no leste de Londres.

Como a agressora estava usando a niqab, a polícia não tem ideia de quem cometeu o crime nem as motivações do ataque, que ocorreu no final do ano passado.

Ela passou o mês de janeiro recebendo enxertos de pele após quase ter ficado cega — Naomi já recuperou a visão no olho esquerdo e parte do direito.

Naomi contou ao jornal Evening Standard que o ataque aconteceu muito rapidamente, logo após ela descer no ponto de ônibus que fica a cinco minutos do flat onde mora.

Eles comem carne humana: conheça canibais que horrorizaram o mundo

Ela estava ao telefone com o namorado, resolvendo o que fariam na festa de Ano-Novo, quando ouviu alguém atrás dela.

Naomi continuou caminhando, sem se preocupar com a estranha, quando, repentinamente, o líquido ácido foi lançado em seu rosto.

— [Meu rosto] queimou, então eu comecei a gritar em pânico. Comecei a correr e a gritar, cobrindo o meu rosto e sem olhar para trás, até o caminho de casa.

Mais de um mês depois do ataque, Naomi segue tentando se recuperar dos ferimentos. Ela resolveu publicar a imagem como forma de apelo para poder capturar sua agressora.

Relatórios de entidades internacionais indicam que cerca de 80% dos ataques realizados por homens ocorrem em países como Camboja, Paquistão, Afeganistão, Índia e Bangladesh.

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Verde-amarelo contagiante

Bandeiras e camisetas do Brasil se espalham pelo mundo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fé proibida

Conheça os países com maiores índices de perseguição religiosa

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!