Internacional

1/5/2013 às 12h16 (Atualizado em 1/5/2013 às 12h18)

Tripulante do voo que caiu no Afeganistão previu que morreria em acidente de avião

Em seu relato ao irmão mais velho, ele mencionou uma "bola de fogo"

Do R7, com agências internacionais

Câmera em carro registrou o momento da queda do avião Reprodução/Rede Record

Um comissário americano do voo que despencou do céu e se chocou violentamente no chão ontem (30), no Afeganistão, previu que morreria “em uma bola de fogo”.

Sete americanos faziam parte da tripulação do avião de carga que ia para Dubai. Todos morreram no acidente que aconteceu logo após a aeronave levantar voo da base aérea de Bagram, perto da capital Cabul.

Gary Stockdale, de Michigan, dizia que voar era “correr um risco muito grande”, segundo o que informou seu irmão mais velho ao tablóide britânico Daily Mail.

“Ele nos disse que ou morreria em um acidente de carro, ou em uma bola de fogo em um avião”, contou Glenn Stockdale.

Vídeo mostra momento da queda de avião, que matou sete americanos, no Afeganistão

Uma camera instalada em um veículo que passava no local no momento registrou a queda do Boeing 747-400, que caiu enquanto tentava ganhar altitude após a decolagem.

Morreram no acidente os pilotos Brad Hasler e Jeremy Lipka, os oficiais Jamie Brokaw e Rinku Summan, e os técnicos Michael Sheets, Gary Stockdale e Timothy Garrett.

O movimento talibã assumiu a autoria de um possível ataque que teria provocado o acidente, mas a International Security Assistance Force (ISAF) disse que não registrou qualquer atividade na região da base aérea.
 

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!