"Meus olhos se encheram de lágrimas", diz professor que fotografou jovem ajudando cadeirante

Repercussão da imagem que comoveu internautas surpreende fotógrafo da cena

Atendente ajuda cadeirante a tomar sorvete em Uberlândia
Atendente ajuda cadeirante a tomar sorvete em Uberlândia Facebook/Reprodução

A imagem de uma atendente de umalanchonete ajudando um cadeirante a tomar sorvete virou um hit na internet nos últimos dias. Thiago Ferreira, 31 anos, professor de matemática e músico, foi quem flagrou o momento. Somente a postagem do R7 teve 150 mil curtidas.

Ele descia a escada rolante do shopping em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, quando se deparou com a atendente ajoelhada. Ela percebeu que o cliente tinha dificuldades para tomar o sorvete e não teve dúvidas em ajudá-lo.

Leia mais notícias de Minas Gerais no Portal R7

Ferreira conta que pegou o telefone por instinto e foi surpreendido com a repercussão do caso. 

— Quando desci a escada e vi a cena, já fiquei emocionado. Achei muito bonito e tirei a foto sem pensar duas vezes. Compartilhei no Facebook e gurdei o telefone no bolso. Pouco depois já tinha 2.000 compartilhamentos. 

O professor ainda voltou para dar um abraço na garota. Ele conta que recebeu doações e entregou na casa do novo amigo. 

— Decidi voltar e pedi para dar um abraço nela. Falei que ela é iluminada e merece tudo de bom. Mas fui embora logo, porque meus olhos se encheram de lágrimas. Depois a gente se conheceu e muita gente se ofereceu para ajudá-lo. Uma pessoa de São Paulo vai doar um aparelho que facilita o uso do computador e eu já levei cesta básica e doações que levaram na minha casa. 

O cadeirante é José Avelino Gomes, de 49 anos. A família dele se surpreendeu com a repercussão. A irmã, Maria Zenaide Gomes, 32, se divertiu. 

— O sobrinho dele que viu e falou 'meu tio está na internet!'. A gente brinca agora que ele está famoso.