Passageira morre durante o voo e avião faz pouso de emergência em Confins (MG)

Mulher de 38 anos viajava com os três filhos menores para Fortaleza

Márcia Costanti, do R7

Mulher passou mal durante o voo Avianca / Divulgação

Uma aeronave da Avianca precisou fazer um pouso forçado no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte na manhã desta quinta-feira (26). A medida foi tomada depois que uma passageira de 38 anos passou mal e morreu durante a viagem.

Conforme a assessoria de imprensa da Avianca, a mulher viajava com três filhos menores de idade. Eles saíram de Guarulhos às 6h55 e seguiam para Fortaleza no voo O6 6372 quando ela começou a se sentir mal.

Ao ser comunicado, o comandante decidiu modificar a rota e descer em Confins, "o mais próximo e com infraestrutura adequada para atender os passageiros", segundo a Avianca. No entanto, a passageira já chegou morta ao terminal e teve o corpo retirado pelo IML (Instituto Médico Legal).

Leia mais notícias no R7 MG

Ainda de acordo com a empresa aérea, uma equipe da Avianca virá para a capital mineira prestar assistência aos familiares e "colaborar com as autoridades envolvidas no caso". No comunicado, a empresa lamentou a morte da passageira e destacou que "está prestando assistência aos familiares e colabora com todas as autoridades envolvidas".

A causa da morte dela ainda não foi revelada. Os filhos da passageira ficaram sob os cuidados do Juizado de Menores do aeroporto e receberam acompanhamento psicológico.

Os demais passageiros serão encaminhados para Fortaleza em outra aeronave.

 

  • Espalhe por aí:
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!