Suspeito de matar travesti espancada é preso em Belo Horizonte

Polícia acredita que o crime tem relação com o consumo de drogas

Bruna Michele, de 20 anos, estava desaparecida desde sábado
Bruna Michele, de 20 anos, estava desaparecida desde sábado Record Minas

Um homem suspeito de matar uma travesti foi preso nesta segunda-feira (13) no bairro Concórdia, na região nordeste de Belo Horizonte. O crime pode ter relação com o uso de drogas.

Segundo a Polícia Militar, Bruna Michele, de 20 anos, estava desaparecida desde sábado. O corpo foi encontrado nesta tarde, com sinais de espancamento.

Leia mais notícias de Minas Gerais no R7

Parentes e amigos acreditam que o assassinato foi cometido por um rapaz conhecido no bairro. Ele foi contido pelos moradores. Depois da chegada da polícia, o suspeito precisou receber atendimento médico no Hospital Odilon Behrens, com vários ferimentos pelo corpo.

Conforme a polícia, o rapaz e a travesti eram usuários de drogas.