Após assaltos, Metrô Rio reforça segurança e deve instalar câmeras em composições antigas

Na quinta-feira, a Polícia Civil divulgou foto dos suspeitos de assaltar passageiros

Criminosos assaltaram usuários do metrô na estação Catete
Criminosos assaltaram usuários do metrô na estação Catete Reprodução/Rede Record

Após dois assaltos assustarem usuários do metrô, a concessionária Metrô Rio afirmou que vai instalar, até o final do ano, câmeras nos trens antigos. Além disso, o consórcio também afirmou que, desde o dia 12 de março, quando houve o primeiro assalto, a segurança do metrô teve um aumento de 10%, passando de 350 para 382 agentes.

Na quarta-feira (25), um novo arrastão provocou tensão em passageiros do metrô. Suspeitos entraram na estação de Triagem, na linha 2, e fizeram a baldeação para a linha 1 na estação Central.

Quando a composição chegou à Glória, eles anunciaram o assalto por volta de 23h. Mais de 20 pessoas tiveram os pertences roubados, como celulares, carteiras e bolsas. O assalto foi realizado em apenas dois minutos, pois os assaltantes desceram na estação Catete (que fica logo após a Glória), e fugiram tranquilamente.

De acordo com a Polícia Civil, agentes da Delegacia de Botafogo (10ª DP) ouviram os depoimentos das vítimas e estão realizando diligências esclarecer os fatos.

Identificação

Na tarde de quinta-feira (26) a Polícia Civil divulgou a foto de cinco suspeitos de participar do arrastão no metrô na noite de quarta-feira.

Quem tiver informações sobre os suspeitos devem ligar para Disque-Denúncia (2253-1177). O anonimato é garantido.

Câmeras nas estações

Em nota, o Metrô Rio informou que também vai instalar câmeras nos acessos às estações. Como o último arrastão foi em uma composição antiga do metrô, não havia câmeras de segurança. Em compensação, a concessionária disse que, ao longo das 36 estações, 800 câmeras registram a movimentação.

Sobre o arrastão, o consórcio informou que as imagens já foram encaminhadas para a delegacia de Botafogo (10ª DP) e continua colaborando com as autoridades de segurança.