Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

30/6/2013 às 01h01

Polícia espera marido suspeito de matar mulher a marteladas se recuperar para colher depoimento

Após o crime, homem foi encaminhado para ala psiquiátrica de hospital da zona oeste do Rio

Do R7

A Polícia Civil quer ouvir Mário Henrique Rodrigues Lopes, de 28 anos, suspeito de matar a mulher dele, Talita Juliane Peixoto Paiva, a golpes de martelo. A Divisão de Homicídios, responsável pelas investigações, espera ele se recuperar para tomar seu depoimento. Após o crime, Mário Henrique, que era casado com a vítima havia um mês, foi encaminhado para a ala psiquiátrica do Hospital Municipal Lourenço Jorge, na zona oeste do Rio.

O corpo dela foi encontrado no apartamento do casal em Vila Isabel, na zona norte do Rio. Segundo as investigações, Mário Henrique cometeu o assassinato na madrugada de terça-feira (25) e fugiu do apartamento, deixando a porta aberta. Ele foi preso depois de se envolver em uma confusão com um taxista em Copacabana, que chamou a polícia.

A Divisão de Homicídios investiga se o suspeito simulou transtornos mentais após ser capturado.

O enterro de Talita Juliane foi realizado no Catumbi, zona norte do Rio, na quarta-feira (26). O clima era de revolta entre parentes e amigos.

Uma vizinha contou que ouviu Talita pedir socorro durante a madrugada, enquanto Mário ordenava que ela calasse a boca. De repente, os gritos pararam.

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!