Tentativa de assalto à joalheria na Tijuca deixa PM morto e duas pessoas feridas

Policial chegou a ser levado para o hospital após ser baleado, mas não resistiu aos ferimentos

Do R7

PM Jefferson Cruz Pedra reagiu a assalto e foi morto em shopping Reprodução / Record TV Rio

Uma tentativa de assalto à joalheria Monte Carlo, no Tijuca Off Shopping, na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro deixou um policial militar morto e duas pessoas feridas na noite desta quarta-feira (4).

Quatro criminosos armados com pistolas e um fuzil tentaram invadir o estabelecimento por volta das 20h30. O PM Jefferson Cruz Pedra, de 37 anos, que estaria de folga, reagiu ao assalto e foi baleado no peito. Ele chegou a ser levado para o Hospital Federal do Andaraí, também na zona norte, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo a Polícia, o agente teria sido atingido por ao menos sete tiros. Pedra era natural da Bahia e seus familiares não moram no Rio. Ele era lotado no batalhão de Jacarepaguá (18º BPM).

Os outros dois feridos foram identificados como Flávia Laranjeira Cardoso, de 44 anos, e Vinícius Noronha Hajar, de 35 anos. Ambos foram baleados na perna e encaminhados para o mesmo hospital. Eles estão fora de perigo e deixaram a unidade ontem mesmo. As vítimas devem prestar depoimento na delegacia da Tijuca (19ª DP).

De acordo com informações do batalhão da Tijuca (6º BPM), a ação dos criminosos, que chegaram em duas motos ao centro comercial localizado na rua Barão de Mesquita, provocou pânico a pedestres que passavam pelo local. Moradores relataram que houve correria e muitos pedestres acharam que se tratava de um arrastão.

A Polícia Civil instarou procedimento para apurar as circunstâncias do crime. Diligências estão em andamento para identificar e localizar os autores. 

O sepultamento do PM Pedra será às 15h45 desta quinta-feira (5) no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na zona oeste.

Sexto PM morre nos primeiros cinco dias de 2017 no Estado do Rio

Mais um policial militar morreu e outros dois ficaram feridos na madrugada desta quinta durante um assalto a um caminhão de carga na rodovia Presidente Dutra. O crime aconteceu na pista sentido Rio, na altura do km 184, em Comendador Soares, na Baixada Fluminense. O PM é o sexto policial morto nos primeiros cinco dias do ano no Estado do Rio de Janeiro.

Os três PMs seguiam para o trabalho na UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) do Lins, na zona norte do Rio, quando foram atacados pelos criminosos. Segundo informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), homens armados roubavam os caminhões quando abordaram o carro onde estava os agentes.

Houve uma troca de tiros e o PM Marcelo Abdalla Neder morreu no local. O PM Carlos Roberto Freitas foi baleado no joelho direito e o PM Bruno Aurélio de Carvalho levou uma coronhada e desmaiou. Os agentes foram levados para o Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, também na Baixada Fluminense.

  • Espalhe por aí:

Vídeos

Carregando

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!