"/>

Small-house Faça do R7.com sua página inicial

SIM NÃO

São Paulo

14/3/2013 às 11h48 (Atualizado em 14/3/2013 às 13h29)

Assistente da acusação usa emails de Mizael para Mércia para mostrar contradições do réu

Promotor disse que policial reformado matou por se sentir "humilhado, o lixo dos lixos"

Ana Ignacio e Joyce Carla, do R7

Durante os pouco mais de quarenta minutos que falou aos jurados, o assistente de acusação, Alexandre de Sá Domingues, usou emails de Mizael Bispo enviados para Mércia Nakashima para tentar mostrar as contradições do réu.

Entre os trechos de emails lidos em plenário, o acusado dizia para Mércia: "não nasci para sofrer", "cansei de verdade, do fundo do meu coração", "tudo tem limite e o meu já deu" e "chega de descaso". Para o assistente, Mizael tem uma "mente doentia", é "covarde" e não é "homem para assumir o que fez".

De acordo com o assistente, Mizael criou motivos "em sua cabeça" para matar a ex-namorada.

— Na cabeça doentia dele, ela estava o enganando. Mizael vai ganhar o prêmio de mentiroso do ano, a pessoa que mais mentiu nesse processo. Ele foi o principal acusador dele.

Réu está "apreensivo" com resultado do julgamento

Promotor abre debates e diz que réu é assassino

Veja fotos do terceiro dia de julgamento

Em um dos emails, o acusado diz que se "sentiu o lixo dos lixos" quando a vítima o proibiu de entrar em seu prédio. Segundo o advogado, isso mostra que a relação dos dois não era boa como o réu afirmou em seu interrogatório.

Além disso, Mizael disse também que considerava Márcio Nakashima, irmão de Mércia, um irmão. A afirmação feita em um dos emails contradiz a declaração do réu de que sua relação com o então cunhado não era boa. O assistente fez uma lista com as mentiras contadas por Mizael durante o processo. Segundo ele, foram "19 mentiras deslavadas".

O advogado também reforçou a tese da acusação de que as provas técnicas mostram que Mizael estava na cena do crime.

— Queremos a condenação de Mizael porque as provas mostram isso. Ele premeditou esse crime.

A defesa terá duas horas para expor seus argumentos, assim que o julgamento voltar, por volta das 13h30. Se o promotor decidir pela réplica, os defensores de Mizael terão direito à tréplica. Nessa etapa, as partes dispõem de mais uma hora.

Matou por se sentir "lixo dos lixos"

Durante pouco mais de uma hora em que falou aos jurados, o promotor Rodrigo Merli disse que Mizael Bispo mentiu por várias vezes durante o processo, e que ele matou, sim, Mércia Nakashima "por se sentir humilhado, o lixo dos lixos". O julgamento do policial reformado acontece desde esta segunda-feira (11).

— Não existem excessos de coincidências. O sapato do réu tem quatro elementos da cena do crime. A defesa vai dizer que plantaram [a prova] da alga. Ninguém plantou porcaria nenhuma!

Em sua argumentação, o promotor também destacou o comportamento do réu durante o processo e que ele mentiu diversas vezes durante seu interrogatório, que ocorreu nesta quarta-feira (13). Além disso, pediu para os jurados não se deixarem "seduzir por eventuais cenas emotivas".

— O júri não existe para passar a mão na cabeça do assassino. Se vocês tiverem dó do réu, lembrem- se da vítima, lembrem-se da imagem dela sendo retirada da represa. O réu que está sendo julgado não é este que se mostra humilde aqui.

Balanço da acusação

Após falar aos jurados no debate, Merli disse aos jornalistas que "Mizael foi desmascarado há muito tempo" e que o réu não está bem orientado. Já o assistente da acusação afirmou que conseguiu mostrar ao júri "o comportamento psicótico" do réu e que ele premeditou o crime.

Assista ao vídeo:

 

 

 

 

 

 

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Compartilhe
Zona leste

Pai mata mulher, filha de quatro anos e tenta assassinar bebê dentro de casa

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Guarulhos

Polícia Civil investiga namorado de funkeira encontrada morta

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Durante o show

Último forró: marido traído executa “rei dos teclados” em Santo André

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Você moraria nestes lugares?

Veja como estão imóveis que foram cenários de tragédias em São Paulo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de São Paulo

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!