Número de prisões por embriaguez ao volante em SP aumenta 240% neste Carnaval

Polícia Militar prendeu 435 pessoas em todo o Estado durante o feriado prolongado

Ao todo, 11.396 motoristas passaram pelo teste do bafômetro no Estado de São Paulo
Ao todo, 11.396 motoristas passaram pelo teste do bafômetro no Estado de São Paulo Leonardo Soares/15.06.2010/Estadão Conteúdo

A Polícia Militar prendeu 435 motoristas bêbados no Estado de São Paulo durante o feriado prolongado de Carnaval. O número é 240% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando 128 condutores foram flagrados dirigindo embriagados.

A Operação Direção Segura aconteceu das 18h de sexta-feira (8) até as 12h desta quarta-feira (13). Este ano foram multados 1.419 motoristas dirigindo sob o efeito de álcool ou de outras substâncias psicoativas. As autuações tiveram um aumento de 22% em relação a 2012, quando foram registradas 1.164 infrações.

Ao todo, 11.396 motoristas passaram pelo teste do bafômetro. O número foi 35% maior que os 8.445 condutores que fizeram o teste no Carnaval do ano passado.

Rodovias paulistas terão fiscalização da lei seca durante feriado de Carnaval

Lei Seca mais dura reduz 25% das mortes nas estradas do País

Nova lei

As alterações na Lei Seca, instituída pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito) e em vigor desde o último dia 29 de janeiro, determinaram tolerância zero para a quantidade de álcool no sangue dos motoristas. O motorista é autuado caso seja encontrado 0,05 miligrama de álcool no organismo. Antes, o limite era até 0,10 miligramas.  

Se atingir 0,34 miligramas, além de ter de pagar multa no valor de R$ 1.915,40, o motorista perde o direito de dirigir por um ano e é punido ainda com sete pontos na carteira de habilitação, por ser considerado infração gravíssima. O motorista flagrado pelo teste de drogas será enquadrado pelo Artigo 306 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), que prevê detenção de seis meses a três anos.

Rodovias

O número de mortes e feridos nas rodovias estaduais diminuiu. Foram 27 mortes nas estradas durante o Carnaval — contra 31 em 2012 —, uma diminuição de 13%. Os feridos passaram de 1.108 para 472 neste ano.

Já os números de apreensões de carteiras de habilitação, autuações por dirigir bêbado e flagrantes por embriaguez aumentaram. Em 2012, 244 carteiras foram recolhidas e neste ano, 561. O triplo de motoristas foi submetido ao teste do bafômetro: de 2.500 para 7.500. Os flagrantes por embriaguez aumentaram na mesma proporção. Em 2012 foram 46 e em 2013, 138. Ao todo, 611 motoristas foram autuados por dirigirem após beber, contra 214 em 2012.

Nas estradas federais, aumentou o número de acidentes, segundo balanço parcial divulgado pela Polícia Rodoviária Federal. Entre sexta-feira (8) e domingo (10), foram registrados 158 acidentes. No feriado do ano passado, foram 143. O número de feridos também aumentou. No Carnaval do ano passado, 51 pessoas ficaram feridas em acidentes de trânsito. Em 2013, o número subiu para 61 feridos.

Duas mortes foram registradas entre sexta-feira e domingo. Uma pessoa morreu atropelada na rodovia Régis Bittencourt, no município de Jacupiranga. A vítima tentou atravessar a rodovia, aproximadamente a 100 metros da passarela existente no local. A outra pessoa morreu quando dois carros bateram de frente na BR-153, em Nova Granada. No Carnaval do ano passado, três pessoas morreram.

Assista ao vídeo: