Small-house Faça do R7.com sua página inicial

SIM NÃO

São Paulo

12/12/2012 às 14h14 (Atualizado em 13/12/2012 às 10h03)

Tia nega versão de escola e diz que bebê que morreu engasgado era saudável

Escola diz que criança tinha problema de saúde

Vanessa Sulina, do R7 com Rede Record

Menino passou mal em creche na região central de São Paulo Diogo Moreira/Frame/EstadãoConteúdo

O bebê de cinco meses que morreu após passar mal dentro do colégio Maria José tinha problemas de refluxo e, por isso, teria se engasgado após ter tomado a mamadeira, de acordo com o advogado da escola, João Ibaixe.

Porém, a tia do menino, Nathaly Roque, informou que a criança "era muito saudável" e nunca precisou "tomar remédio nenhum".

— Ele nunca teve diagnóstico de refluxo. Esta informação está sendo dada pela escola sem nenhum tipo de base médica.

Segundo o advogado da escola, na ficha de matrícula preenchida pela mãe não havia informações de que o bebê sofria deste problema. Ibaixe ainda disse que a mãe da criança passou esta informação ao hospital onde o menino recebeu atendimento.

A tia do bebê ainda informou que sua cunhada só soube do que havia acontecido após ligar para a escola. 

Mãe se diz arrependida de largar bebê na rua

Leia mais notícias de São Paulo

— Até agora não se sabe o que efetivamente aconteceu. No hospital não tinha nenhum representante da escola para esclarecer. A criança foi encaminhada para o hospital sem sinais vitais, de banho tomado e sem roupa. Essa roupa até agora não foi apresentada à polícia.

Nesta quarta-feira, o responsável pela escola, Antônio Viera Neto, explicou que foi dado um tempo de descanso de cerca de 40 minutos antes de colocá-lo no berço. Seria necessário a informação sobre o refluxo para que o procedimento fosse realizado de forma diferente.

Ainda de acordo com a direção, a matrícula foi feita na última terça-feira (4). Ele morreu uma semana depois, no segundo dia em que estava na escola.

Enterro

O corpo do menino será enterrado às 16h desta quarta-feira (12), no cemitério Jardim da Colina, em São Bernardo do Campo, ABC paulista.

Segundo a Polícia Militar, os pais do menino foram informados que ele havia se engasgado depois de ingerir leite. Ninguém soube explicar ao certo o que de fato aconteceu com a criança. Procurada, a escola não quis comentar o caso.

A assessoria de imprensa da Santa Casa de São Paulo, que administra o PS Barra Funda, onde a criança foi atendida, informou que o menino já deu entrada em parada cardiorrespiratória. Ele chegou a ser reanimado, mas não resistiu.

Os pais da criança já prestaram depoimentos sobre a morte.

De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo), o caso foi registrado como morte suspeita na Central de Flagrantes da 1º Seccional e será encaminhado para 77º DP.

Assista ao vídeo:

 

 

 

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Compartilhe
Zona leste

Pai mata mulher, filha de quatro anos e tenta assassinar bebê dentro de casa

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Filmado

Manicure é torturada e enterrada viva por suspeita de furto na Grande SP

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Na frente do filho

Inconformado com fim de namoro, jovem estupra e raspa cabelo de ex em SP

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Você moraria nestes lugares?

Veja como estão imóveis que foram cenários de tragédias em São Paulo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de São Paulo

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!