Saúde

13/12/2012 às 08h11 (Atualizado em 13/12/2012 às 12h45)

Exercícios físicos curam a depressão, diz OMS

A produção de endorfina provocada pelos exercícios seria uma das explicações

Agência Estado

A depressão e doenças do coração serão o grande mal dos próximos 10 anos. A conclusão é da Organização Mudial da Saúde, OMS.

A baixo autoestima, tristeza, desesperança e desespero acompanham a doença. Mas segundo a OMS, os exercícios físicos melhoram e podem até curá-la. A produção de endorfina provocada pelos exercícios seria uma das explicações.

Vídeogame em excesso pode causar depressão

A atividade física desencadeia uma secreção de endorfina capaz de provocar um estado de euforia natural, o que alivia o estado da depressão.

Os exercícios também regulam a neurotransmissão da noradrenalina e da serotonina, que aliviam os sintomas da doença. Além disso, uma boa condição física aumenta a autoestima e dá saúde e bem estar.

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Sonho

Com câncer terminal, pai pede para filha se “casar” aos 11 anos de idade

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Doença estranha

Com condição rara, jovem, de 24 anos, tem 50 orgasmos por dia

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Gravidez de anãs

Mulher do apresentador Marquinhos espera o 1º filho do casal. Veja como é!

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Saúde

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
Tragédia

Jovem entra em coma e fica paralítica após colocar silicone nos seios

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Prematuro

Emocionante: Pai de bebê de 680 g registra luta do filho pela vida

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus

Guia Mais - Saúde

Farmácia/Drogaria
Hospitais
Consultórios
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!