Homens que escovam os dentes têm menos chances de ter problemas de ereção

Dentre os participantes de pesquisa que têm disfunção erétil, 53% também têm gengivas inflamadas

Disfunção erétil e periodontites crônicas em humanos têm fatores de risco semelhantes
Disfunção erétil e periodontites crônicas em humanos têm fatores de risco semelhantes Getty Images

Homens que escovam os dentes regularmente — reduzindo, assim, o risco de doenças de gengiva — têm menos chances de sofrer disfunção erétil do que aqueles que não se preocupam tanto com a higiene bucal.

Cientistas turcos descobriram que aqueles que sofrem de inflamações na gengiva têm três vezes mais chances de ter problemas para conseguir ficar excitado.

O estudo, de acordo com o site do jornal Daily Mail, comparou 80 homens entre 30 e 40 anos com disfunção erétil com um grupo de 82 homens sem problemas de ereção. Enquanto no grupo de homens com disfunção erétil, 53% tinham gengivas inflamadas, no outro eram apenas 23%.

Escovar os dentes pode evitar doenças cardíacas

Quando os resultados foram ajustados com outros fatores, como idade, IMC (índice de massa corpórea), renda e nível educacional, os homens com problemas periodontais severos eram 3,29 vezes mais propensos a sofrer problemas de ereção do que aqueles com gengivas saudáveis.

O médico turco responsável pela pesquisa, Dr. Faith Oguz, explicou:

— Disfunção erétil e periodontites crônicas em humanos têm fatores de risco semelhantes, como avanço da idade, tabagismo, diabetes e doença arterial coronária. (...) Trata-se de um problema de saúde pública que afeta a qualidade de vida de cerca de 150 milhões de homens e seus pares.